10 artistas de trance para acompanhar em 2022

O ano de 2021 trouxe para os fãs de dance music alguns “high-points”, porque os artistas puderam se apresentar ao seu público em eventos, tanto fechados como em festivais.

Porém, por outro lado, trouxe alguns prejuízos para a indústria musical, por conta de inúmeros cancelamentos de apresentações artísticas ao mundo afora, e, consequentemente, as grandes marcas sofreram déficit e tentam até hoje se reerguer para retomarem os eventos da melhor maneira possível.

Dessas grandes marcas, algumas delas conseguiram superar o prejuízo recorrente à época atual. Dentre elas, podemos citar a Dreamstate SoCal; A State Of Trance (ASOT), e Transmission.

A começar de citar artistas expressivos da vertente trance, citaremos aqui dez deles:

Foto: Divulgação.

  1. Siskin

As irmãs Suzanne e Sue, que compõem o duo Siskin, começaram a carreira separadamente, e só uniram forças para atuarem juntas em 2019, quando decidiram lançar “Real Love”.

A dupla então assinou contrato em 2021 para integrarem à crew da Black Hole Recordings e lançou faixas como “Villaneve” e “Electric Love”. A partir daí, receberam grande reconhecimento do público admirador do gênero e foram cotadas para tocar no Ministry Of Sound e no A State Of Trance 1000 (Utrecht), que fora adiado.

Ouça abaixo algumas tracks da dupla e se delicie com o som e os vocais suaves:

Foto: Divulgação.

2. Mavros

Mavros possui uma longa história no circuito da dance music, especialmente no trance. Começou sua carreira com o suporte de Armin Van Buuren, através da label Armada, e lançou seu primeiro single “Fate”, que foi um de seus maiores destaques na cena.

Algumas de suas músicas fizeram parte de grandes paradas musicais, como da Armada Trance Top 1000, Beatport Top 100, dentre outros. Recebeu também suporte de outros grandes artistas associados ao gênero como Ferry Corsten, Andrew Rayel, etc.

Em 2021, integrou à Anjunabeats Rising e lançou “Abyss”, faixa que ganhou suporte de personalidades como Above & Beyond, Tritonal, Fatum, e de programas digitais de rádio como Insomniac e Mau5trap.

Conheça um pouco mais de Mavros e fique por dentro de seus próximos lançamentos.

 

Foto: Divulgação.


3. Memory Loss

A canadense Memory Loss é, sem dúvida, uma grande personalidade feminina reconhecida no trance. É DJ residente na gravadora AVA Recordings e já recebeu um tremendo apoio de artistas da cena, dentre eles nomes como Armin Van Buuren, Cosmic Gate, Ferry Corsten, Giuseppe Ottaviani, Heatbeat, Alex M.O.R.P.H, Menno de Jong e outros.

2021 foi um excelente ano para Memory Loss, devido a grandes pesos em seus lançamentos musicais, sendo eles “Kaiju” e “World Collide“. Além disso, foi apresentada à série Dreamstate Artists e recebeu muito apoio de fãs durante sua transmissão ao vivo no Twitch.

Com um som tão multifacetado que pode ser melódico, estrondoso e técnico, Memory Loss nos mantém alerta sobre o que ela lançará. Com um 2021 tão ilustre, mal podemos esperar para ver o que 2022 lhe trará!

Conheça um pouco mais da artista abaixo:

 

Foto: divulgação.

4. Chris Giuliano

Chris Giuliano é um artista que possui longa história na cena trance, e estourou nos últimos anos após de chamar a atenção de gravadoras como Elliptical Sun, AVA Recordings, Armada e Enhanced .De faixas como “Anaerobic” e “True Find” com Liftwalkers a “Cali Quake” e “Dream You“, o produtor de Los Angeles deu o tom para as belas criações que vêm de sua mente, uma vez que também é engenheiro de som.

Desse modo, é conhecido também por misturar diversos gêneros musicais e dar mais peso às suas sonoridades, favorecendo a criação de um estilo mais autoral. Além disso, já recebeu suporte de nomes como Armin Van Buuren, Above & Beyond, Lane 8, dentre outros.

Em 2021, o autoproclamado “nerd do som da pós-produção” continuou a expandir suas ofertas sonoras, e integrou à crew Anjunabeats. Primeiro, lançou “Running With The Wind“, com vocais de Natalie Major, presente no álbum Anjunabeats Rising Volume 8 , e após, explodiu ao lançar “Off The Wallpela própria Anjunabeats. Ficaremos no aguardo por novos lançamentos do artista.

Conheça um pouco mais sobre a sonoridade de Chris Giuliano:

Foto: Divulgação.

5. Apollo Nash

O norte-americano Apollo Nash é considerado um bom conhecedor do trance, e seu estilo musical é bem diversificado, pois usa de seu intuito para criar paisagens sonoras atraentes, revestidas de muita emoção e profundidade.

O ano de 2021 foi muito importante para Nash, pois sua música teve um grande destaque. Uma de suas faixas produzidas, “Orion Station”, tanto a versão original como o remix de Taygeto, receberam grande apoio de vários artistas da cena. Além disso, marcou sua participação na em Anjunabeats Rising com sua faixa progressiva funky “Need You“.

Ficamos na expectativa de que 2022 seja um ano musicalmente monumental para Apollo Nash, assim como foi 2021.

 

Foto: Divulgação.


6. Super-Frog Saves Tokyo

David Harrison, também conhecido como Super-Frog Saves Tokyo, não é novato na cena eletrônica. Ele irrompeu no trance graças à inclusão de “Kyoto” na compilação Pure Trance Volume 8 da gravadora Solarstone em 2019. Produtor musical experiente, seu estúdio é uma mistura de fios e formas de onda graças a um amor pelo analógico, o que faz seu estilo ser mais voltado à música eletrônica clássica.

Inspirado por uma lista de nomes expressivos da música eletrônica dos anos 60 a 90, como Aphex Twins, Orbital, David Bowie e Kraftwerk, está pronto para o lançamento de seu álbum de estreia em 2021, que atrasou seu lançamento devido à pandemia. Diante disso, o artista pretende apresentar uma sonoridade diversa influenciada pela cena rave dos anos 90, de modo a buscar um maior reconhecimento de seus talentos sônicos.

Foto: Divulgação.


7. Dustin Husain

O norte-americano Dustin Husain continua a aumentar seu reconhecimento na cena trance. Sendo atualmente um artista regular na gravadora Flashover, de Ferry Corsten, solidificou suas habilidades em 2021 com três lançamentos em selos centrados na então gravadora e outros singles em Monster Tunes, Infrasonic e Black Hole’s Serendipity Muzik.

Muitas de suas faixas chegaram até as playlists do gigantesco programa de rádio semanal A State Of Trance. Retornou às suas atividades em clubes afora em 2021, e 2022 poderá ser um ano mais promissor para o artista.

Confira algumas tracks abaixo de Dustin Husain e conheça um pouco mais da personalidade musical do artista:

 

Foto: Divulgação.

8. Sequence Six

O norte-americano Giovanni Gioia aka Sequence Six é um dos únicos artistas que atualmente se ascende na cena do trance. O que se destaca é como mostra sua paixão pela música e incorpora experiências de vida em seu trabalho, utilizando, portanto, a música como seu principal meio de expressão pessoal.

Ele prosperou no ano passado, mostrando seus talentos incríveis por meio de transmissões ao vivo, como as do Twitch ao redor do mundo e na série Dreamstate, e isso fez com que ganhasse muito apoio dos demais artistas e fãs, devido à sua identidade musical.

O artista trance já anunciou o início de algo novo em 2022, seu programa de rádio “Existencial” e mal podemos esperar para ver o que mais será feito neste novo ano.

 

Foto: Divulgação.

9. Rinaly

Uma vez que o mundo soube que estávamos nos preparando para uma longa jornada no que diz respeito ao COVID-19, muitos artistas migraram para os sets ao vivo em vez de turnês. Uma dessas pessoas que prosperou neste meio é a artista japonesa Rinaly, que é uma excelente performer com uma formação musical bem versada, e conhecida também por tocar diversos instrumentos musicais, como piano, bateria, baixo e muito mais.

Além disso, a artista possui produções autorais baseadas no Uplifting Trance, e possui experiência na mixagem de Psytrance e Progressive House.

Em 2021, a japonesa brilhou ao apresentar suas performances enérgicas no Twitch e um envolvimento sincero com os fãs que rapidamente a catapultaram para o topo das correntes trance.

Conheça um pouco mais de Rinaly abaixo:

Foto: Divulgação.

10. Matt Fax

Matt Fax é um artista trance multifacetado, pois possui capacidade para romper fronteiras entre progressive house e trance music.

Em 2020, com o lançamento de seu álbum “Progressions”, levantou a barra com etiqueta de seus companheiros de label, os produtores Dezza e Prana na série de podcasts “Colourscapes”. Realizou sua participação como atração na Dreamstate SoCal, em novembro de 2021, e com isso vemos o ano de 2022 como outro ponto de partida para a carreira de Matt, enquanto transforma seus sons criativos em experiências para a mente e os ouvidos dos ouvintes em todo o mundo. Mal podemos esperar por ele nos apresentar e à sua crescente base de fãs de sua mistura de estilos musicais.