17 de dezembro de 2017
Avicii

Avicii divulga seu novo EP e marca oficialmente seu retorno ao cenário músical Avicii está oficialmente de volta ao cenário musical

Quando você é um dos DJs e produtores mais reconhecidos do mundo; Quando você vendeu milhões de discos, teve bilhões de downloads e 11 bilhões de streams, esteve nos maiores palcos do mundo, e trabalhou do seu jeito até virar um célebre ícone, sua vida se parece com um filme de sucesso – quando visto pelos olhos de um fã.

Por dentro, Tim Bergling, também conhecido como Avicii, que é naturalmente tímido, lutou pelas estradas para construir sua vida. Mesmo quando o “chart” internacional “LE7ELS” e “Wake Me Up” o levaram ao mais brilhante nível de estrelato, ele se tornou um mito da dance music, por estar cada vez mais esquivo. Seu anúncio de que estaria se retirando de turnê em meados de 2016 criou uma grande onda de choque, mas resultou em renovação, energia inspirada e muito mais tempo para voltar ao que Avicii faz de melhor – criar música.

Você tem que ser um pouco louco para alcançar o topo de uma montanha e pular. Amigos e colaboradores lhe dirão com um sorriso que Bergling é um dos gênios mais loucos que eles conhecem.

Um perfeccionista absoluto, Bergling entra em um estado de transe quando cria. A grande história Avicii começa quando ele ganhou uma competição de produção realizada por Pete Tong em 2008. Em 2011, ele transforma-se em um titã da produção, aparentemente durante uma noite, no clássico “LE7ELS“.

No ano seguinte, viu-se tornar o primeiro DJ de EDM a realizar uma turnê de arena mundial.

Avicii quebrou as expectativas do que a dance music poderia ser quando ele revelou a batida country em “Wake Me Up” no Ultra Music Festival Miami em 2013. O álbum True foi certificado de ouro e platina em 13 países, e dois anos depois, o track sucessor Stories continuou a misturar a influência dos gêneros e a instrumentação eletrônica da dance music.

O ano de 2015 deveria ter sido um pico para o produtor, mas, por tras das cenas, acabou sendo demais. O estresse, a ansiedade e doenças o estavam devorando. Ele havia feito mais de 800 shows. Se apresentando para milhões, em frente a um oceano de mãos, rostos e flashes, sentiu-se de fora do que mais amava fazer.

Ele explica em um documentário próximo a ser lançado:

Fiquei fora por oito anos e, após quatro anos, quando voltei, não conseguia mais me sentir em casa. – Avicii

Após uma pausa de oito meses de turnê, em março de 2016, Bergling e amigos procuraram por paz em um estúdio em Malibu. Ele e uma pequena equipe criativos, incluindo o vocalista Sandro Cavazza, da dupla Vargas e Lagola, reuniram-se pela costa do Pacífico, prontos fazer a mágica acontecer – mas havia um problema. Entre essas sessões no estúdio e momentos de lazer, Avicii estava sempre no telefone, lutando com promotores e gerentes, argumentando que não, ele não queria tocar onde quer que fosse ou qualquer festival que desejassem adicionar à sua programação. Era suficiente a “super” divulgação sobre o seu retorno ao Ultra Miami.

Ansiava por uma fuga, mas sabendo que não seria possível, ele e seus amigos se estabeleceram na melhor decisão que poderiam tomar. Embarcaram em uma viagem única, colocaram tudo o que possuíam em dois ônibus e se jogaram na estrada para uma viagem de 10 dias. Da costa da Califórnia em direção à Flórida.

A música que ele e sua equipe criaram foi imbuída da promessa e do potencial de uma interminável fronteira e cada momento foi compartilhado com milhares de espectadores virtuais via YouTube Livestreams. Foi transformacional.

Passados 10 dias de viagem, chegou o dia do Ultra. O momento relax se transformou em uma louca corrida contra o tempo. Bergling estava determinado a lapidar e transformar seu trabalho em verdadeiras joias. Ele deixou o sono de lado e levou seus colaboradores até seus limites, gravando sob cobertores de hotel e trabalhando violentamente até poucos momentos antes de tomar conta do grande palco do Ultra. Não contava que esse palco estaria no mais alto nível de turbulência, repleto de dificuldades técnicas. Era a última coisa que queria, quando mesmo assim decidiu tocar “Without You“, sua música gloriosa, para dezenas de milhares de pessoas, o que deu início à uma nova e ardente era.

Dez dias depois, ele anunciou sua aposentadoria, e na noite de 28 de agosto de 2016 em Ibiza, Tim Bergling, também conhecido como Avicii, tocou seu último show.

Hoje, Avicii divulgou oficialmente seu primeiro EP desde sua aposentadoria, marcando seu retorno ao cenário musical.

Comentários

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.