19 de julho de 2019

Body Funk de Purple Disco Machine ganha remix feito por Carl Cox

Considerada como uma das maiores faixas de dance music de 2018 e coroado como o #2 Beatport Artist Of All Time, o Purple Disco Machine, produtor baseado em Dresden, rapidamente se tornou um dos produtores mais prolíficos e procurados do setor. Na sequência do single de sucesso ‘Dished (Male Stripper)’, o Purple Disco Machine regressa com seu hino para clubes ‘Body Funk’, juntando-se aos ícones da indústria Carl Cox.

Uma das faixas mais notáveis do ano, “Body Funk”, foi um destaque de Ibiza a Miami e vice-versa, tocada por todos os DJs sob o sol, de Black Madonna, a Jamie Jones, como também Fatboy Slim. Atingindo o primeiro lugar no Beatport (parada indie/Nu-Disco), tornou-se também a faixa de dança mais tocada na BBC Radio 1 em maio, e defendida por Danny Howard e Pete Tong. E agora o Purple Disco Machine entrega os reinos a uma incrível lista de produtores para deixar sua marca no distinto single. Liderando o roster não poderia ser outro senão Carl Cox – cuja influência na dance music em décadas tem sido nada menos que extraordinária, seguida por Claptone, um dos produtores mais premiados e reconhecidos nos últimos anos, e por último mas não menos importante, estrela em ascensão e o irmão do selo Sweat It Out Dom Dolla – cujo single recente ‘Take It’ catapultou seu sucesso, alcançando o 1º lugar no Beatport e no topo das paradas do Shazam em toda a Europa. Todos os três artistas se uniram para homenagear a original do Purple Disco Machine com seu próprio estilo e carisma.

Purple Disco Machine: Por quase 2 anos, ‘Body Funk’ tem sido a maior faixa nos meus sets de DJ. Em todos os lugares que eu toco – de Ibiza para a Itália, Aberdeen para Amsterdã, Sydney para São Paulo – os clubbers ficam loucos. Em muitos shows a multidão canta as palavras para mim! Estou animado que estamos agora trazendo para fora da cena do clube e esperançosamente para o mainstream.

Sobre Redação WiR