18 de janeiro de 2019

Camping de Paul Oakenfold no Burning Man é atacado por vândalos

White Ocean, um acampamento de luxo no Burning Man conhecido por sua anual “White Party” onde DJs conhecidos se apresentam, tornou-se vítima de um ataque aterrorizando, possivelmente, por pessoas do próprio Burning Man.

Enquanto membros do acampamento estavam curtindo a Playa:

Um bando de hooligans atacaram nosso acampamento, nos roubaram, cortaram nossas linhas elétricas, deixando-nos sem refrigeração e desperdiçando nossa comida. Eles colaram as portas dos nossos trailers, vandalizaram a maioria de nossa infra-estrutura de camping e desperdiçaram 200 galões de água potável inundando nosso acampamento – disse um representante doWhite Ocean.

Fundada em 2013 pelo DJ Paul Oakenfold e o herdeiro bilionário russo Tumur Sardarov, o camping White Ocean é muitas vezes criticado por ser um refúgio de “plug-and-play” para os participantes ricos que não se alinham com filosofias tradicionais do Burning Man. Este atrito é a principal causa do ataque.

Este ano tem sido bastante desafiador para o nosso acampamento. Sentimos como se fôssemos sabotados por todos os ângulos, mas a noite de ontem foi o ápice, uma confirmação absoluta e definitiva de que alguns acham que não somos merecedores do Burning Man. Alguém da organização chegou a nos dizer que ‘faz sentido vocês terem sido sabotados, pois vocês são um camping fechado e não acolhedor.’

Nota do White Ocean, na íntegra:

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.