21 de novembro de 2017

Com performances vocais ao vivo e apresentações marcantes, o duo LIVIT vem se destacando na cena

LIVIT é um duo paulista de House Music que aposta no pop, com groove e musicalidade. É formado pelos DJs e produtores Victor Rochetti e Tiago Melchior, possuem um extenso background como músicos, cantam e compõem suas próprias canções e ainda fazem um live show com vocal e mashups ao vivo.

E o duo está com tudo: “Intensify” já é a segunda música a bater um milhão de plays, “On Fire” ultrapassou 700 mil em pouco mais de um mês e suas faixas “What Just Happened” e “Sedated” entraram para o top 50 de músicas mais virais do momento no Spotify Brasil. Além disso, LIVIT foi por duas vezes capa da Eletro BR, a principal playlist de música eletrônica nacional do Spotify.  Com lançamentos em grandes selos como a Sony Music Brasil, passagens por clubs respeitados como Anzu, Clash Club e Pink Elephant, participação especial na Laroc e suporte de nomes de peso como o holandês Dannic, LIVIT vem se consolidando como um dos principais representantes da House Music nacional. Conversamos com o duo e você confere tudo a seguir em um bate papo exclusivo:

WiR: Como começou o projeto LIVIT?

Tiago: Nós sempre tocamos em bandas, desde muito cedo. Nossa última foi uma em que tocamos juntos. O Victor era vocalista, eu, baixista e a gente já compunha juntos. Eu venho do rock, mas o Victor já gostava muito de música eletrônica e foi nos introduzindo à ela. Nos últimos anos de banda, começamos a adicionar synths e levadas mais dançantes às nossas músicas. Coincidiu também com a época em que fiz 18 anos e pudemos ir nas baladas juntos. Quando a banda acabou, começamos a “brincar” no Logic e saíram coisas interessantes. Terminamos a primeira música com um duo de amigos, que na época chamava Venere. Eles nos ajudaram muito no começo. Foi inclusive quem nos ensinou a tocar nos CDJs. Depois, é claro, fomos atrás de estudar mais, fazer aulas oficialmente e etc. Mas esse foi o começo de tudo.

WiR: Vocês compõem, produzem e cantam suas próprias músicas. Como funciona este processo?

Tiago: Bom, como dissemos, a gente já compõe e tem esse background como músicos há muito tempo. Temos também a sorte de trabalharmos muito bem juntos. Não é uma regra, mas em geral eu costumo escrever as letras e pensar na melodia. O Victor ajeita tudo de um jeito que fique bom para ele cantar, sugere coisas novas, cresce a ideia. Ele é fluente em inglês, então corrige várias cagadas que eu faço, hehe. E boa parte do trabalho de mix geralmente fica nas mãos dele.

WiR: Vocês cantam ao vivo também, certo?

Victor: Sim. Mas não é um lance “karaokê” kkkk. Obviamente, canto nossas músicas autorais, mas também temos vocais em várias músicas ao longo do set que funcionam como mashups feitos ao vivo. Ou seja: tocamos uma música e cantamos outra completamente diferente em cima.

WiR: Como vocês reagiram ao ver a Intensify bater 1 milhão de plays no Spotify e, logo em seguida, a On Fire chegar em quase 800 mil plays em pouco mais de um mês? Vocês esperavam essa repercussão tão positiva?

Victor: São duas músicas que a gente gosta demais e que têm tudo a ver com a identidade que queremos passar. São sons animados, positivos, meio summer vibes, sabe? Então pra gente é animal ver elas indo tão bem assim. Não esperávamos, obviamente, mas colocamos muito amor e muita verdade na hora de fazê-las. Trabalhamos pesado e, claro, criamos músicas para irem longe e atingirem o máximo de pessoas possível. Inclusive, temos encerrado nossos shows com Intensify e a energia que trocamos com a galera é indescritível. Que venha mais e mais =D

WiR: Existem planos para um álbum?

Victor: Temos muitas músicas a caminho, mas não pensamos em um álbum a princípio. Vamos lançar muitos singles primeiro mas, é claro, que talvez este seja um assunto para o ano que vem. Porque quando vier, virá bem mais conciso e maduro.

WiR: O que pretendem trazer até o final do ano?

Tiago: Tem muita, muita música pra vir ainda. Temos tido até problema em organizar as datas para uma não atrapalhar a outra, hahaha. Vêm aí collabs com gente muito boa (e conhecida na cena). Remixes. Clipes. Datas legais. E tem algumas coisas bemmm quentes que não podemos contar ainda. Tá sentindo a ansiedade no ar? haha

WiR: Quais são os próximos lançamentos?

Tiago: Spoiler alert! Dia 25/08 vem “Not The Right Guy”, nossa parceria com o SUBB, lançamento oficial Austro/Som Livre. Mês que vem temos uma surpresa para a galera (que preferimos manter o segredo por enquanto) e também um EP de remixes de “On Fire”. Inclusive o do Lazy Bear já está fazendo barulho por aí, quem ouviu sabe que pode esperar por algo queeeeente. E, claro, “Ela é de SP” também merece releituras feitas por gente grande. Aguardem os próximos episódios. 😉

Fique por dentro das redes socias do LIVIT: SoundcloudFacebook, Instagram, Youtube e Spotify.

 

Comentários

Sobre Claudio Ferreira

Paulista, 20 anos, amante da música eletrônica e suas demais vertentes. Cursando produção musical na Make Music Now.