22 de agosto de 2019

O calendário das festas de 2016 já começou e com vocês: NomaD

Eventos de psytrance se mantém desde os primórdios da nossa cena brasileira, mas entre tantos eventos, é difícil eventos de menor porte durar e se manter firme as suas raízes. Dentre eles, continua firme a notória NomaD.

NOMAD
Foto por: Vagner Chiconi e Levi Mori

A última edição aconteceu neste final de semana (16 e 17 de janeiro), no clube Rio Branco em Andradas-MG e mais uma vez foi um sucesso. Com a previsão de chuva no inicio de Janeiro para o final de semana inteiro, o público ficou um tanto apreensivo se tudo iria ocorrer conforme o planejado. A organização do evento se antecipou com diversas tendas que cobriam boa parte do evento, já prevendo a chuva. Porém, a chuva não veio, o que terminou por coroar o evento.

NOMAD
Foto por: Flash Eventos

Grandes atrações se apresentaram, Shekinah no começo da festa já trouxe toda energia com seu Full On Groove marcante, Pedro Resende mostrou que o bom Full On continua vivo ainda. Outro grande destaque foi Upgrade, dito por muitos como melhor set da festa. com seu full on morning repaginado com altas doses de progressive trance e suas melodias indianas, o set foi marcado por muita energia do começo ao fim, com tracks do novo álbum Melody Factor e a já tão conhecida Baileys.

Outro nome que se destacou muito foi Capital Monkey, o brasileiro que já conquistou o público com suas apresentações, com clássicas como Mind Games, novidades com Seven Monkeys e muita energia em cima do palco! Zyce, o sérvio mais querido dos festivais de psychedelic trance, veio pra reviver quem estava cansado já pela tarde, com sua linha séria e retilínea, bombardeou a pista com novas faixas e clássicas como Anjuna feita em parceria com Liquid Soul.

Para muitos, Chapeleiro, foi o nome da festa, como já sabemos, o brazuka atrai multidões com seu som que é uma mescla de Minimal e Prog Trance, que ele apelidou de Brutal Bass, suas faixas contam com vocais brasileiros e ”brisados”, muitas vezes engraçados que contagiam a pista, com certeza Chapeleiro merece todo respeito que conseguiu! Fechando o time de destaques Alex Stein mandou muito com seu techno e botou a pista para dançar.

Além disso, conversamos com alguns “nômades” depois da festa, entre eles Mayara Oliveira:

Parabéns a excelente organização, bares que não faltaram nada, preços sempre justos, segurança foi de rígida, porém de qualidade! O local é lindo, estrutura de palco ótima , praça de alimentação, local para descansar. Estou acostumada com Festivais e gosto de ter barraca, acho que talvez poderiam ampliar o espaço, para caber barracas ali. Os melhores Djs pra mim foram Via Axis, Zice, Capital Monkey, Chapeleiro também mandou bem, essa nova linha de Brutal Bass dele está melhor, ele inclusive mandou um prog no final do set, foi irado!

NOMAD
Foto por: Flash Eventos

Uma excelente maneira de começar o ano, revigorando as energias com uma festa voltada ao público primeiramente, cheia de energia positiva, como nos velhos tempos.

E se você já está pensando no próximo festival para ir, leia a matéria sobre a Soulvision Festival.

Confira o aftermovie aqui neste aqui.

Sobre Redação WiR