10 de dezembro de 2018
Foto: Gustavo Remor

Eli Iwasa embarca para mais uma tour europeia, representando o Brasil no ADE De malas prontas para sua segunda tour na Europa este ano, Eli Iwasa toca na festa do Kölsch e straf_werk durante o Amsterdam Dance Event, maior conferência de música eletrônica do mundo

Se você acompanhou a cena de música eletrônica brasileira nos últimos anos, percebeu que o nome da paulistana Eli Iwasa está cada vez mais em evidência nos eventos, clubes e rodas mais antenadas da noite tupiniquim. Não só porque suas duas casas noturnas em Campinas, Caos e Club 88, estão trazendo algumas das figuras internacionais mais importantes para o Brasil, mas porque a sólida carreira de quase duas décadas de DJ teve saltos ainda maiores em 2018. Tornou-se residente do premiado Warung Beach Club, retomou a produção de sua banda Bleeping Sauce, foi destaque na DJ Mag inglesa, tocou em Londres, Berlim e Barcelona, e agora volta à Europa como convidada do gigante dinamarquês Kölsch para tocar ao lado de Recondite, Tiga, ANNA e outros nomes de peso na festa straf_werk x Kölsch presents Ipso.

O evento acontece na sexta-feira, 19 de outubro, às 23h (horário da Holanda) no Kromhouthal Warehouse e faz parte da programação oficial do ADE, a conferência mais importante da música eletrônica mundial, onde Eli costuma viajar anualmente em outubro seja para participar das palestras ou das festas.

É uma alegria imensa participar deste evento e poder este ano tocar em uma festa tão importante. O sentimento é de responsabilidade e vontade de entregar um baita set. O straf_werk é um dos selos do grupo que também organiza o DGTL – onde toquei em 2017 na edição de São Paulo – e é uma satisfação enorme ver tudo isso acontecer e fazer parte. Nossa cena brasileira amadureceu muito e isso se reflete no mercado internacional

Não há um Estado brasileiro onde Eli Iwasa não aglutine uma legião de fãs que seguem com afinco seu som dançante e pra frente, incendiando as pistas mais exigentes do país, e também do mundo. Eli percorre uma trajetória com grandes conquistas e hoje representa o protagonismo feminino na dance music.

Sobre Amanda Nakao

Amanda Nakao
Viciada em criar pautas para DJs e ir a shows de música eletrônica.