O psytrance conquistou o Rock In Rio

Há poucos dias de um dos festivais de música mais desejados do país, a agência brasileira de artistas de psytrance, Season Bookings Agency, comemora mais um ano no line up do Rock In Rio e a participação de novos artistas na programação do New Dance Order, palco dedicado à música eletrônica.

Esta é a segunda edição do palco na Cidade do Rock, que abrirá os seus portões nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro, no Rio de Janeiro. O DJ e produtor Vegas participou da estreia do New Dance Order em 2019 e, neste ano, retorna para mais uma apresentação histórica.

Com 12 anos de carreira, Vegas já se apresentou em mais de 18 países, é figurinha carimbada no Universo Paralello desde 2010 e, hoje, é um dos artistas de música eletrônica nacional mais ouvidos no Spotify Brasil. Isso, sem falar sobre a produção da trilha sonora para a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, que movimentou os holofotes de todo o mundo em sua direção. O trance além das pistas!

Vivendo um momento de ascensão na sua carreira, Henrique Janelli aka Blazy, um dos destaques da nova geração do psytrance nacional, com mais de 100 milhões de streams, comemora a sua estreia no Rock In Rio. “O festival era um dos principais objetivos da minha carreira e, na hora que eu tive a notícia, fiquei até meio anestesiado. Até agora a minha ficha não caiu!”.

O jovem artista, que já emplacou quatro músicas diferentes no top #1 do chart de psytrance da maior plataforma de venda de música eletrônica do mundo, o Beatport, revela que cresceu em uma família de roqueiros, tendo uma forte influência do gênero. “Ao longo dos anos me acostumei a assistir o Rock in Rio e ver bandas históricas como Queen, Rolling Stones, Scorpions e outros. Então, para mim, estar no festival é chegar a um ponto incrível da minha carreira”, afirma Blazy.

Acostumado a tocar em grandes palcos ao redor do mundo, como Tomorrowland e Airbeat One, Neelix, um dos grandes nomes do trance progressivo, desembarca pela primeira vez no festival, considerado o maior da América Latina.

O produtor alemão explica que sabe que grandes artistas mundiais estarão tocando no festival, o que o deixa muito orgulhoso e feliz por terem achado uma boa ideia trazê-lo também. “Eu sei que não vou tocar no mesmo palco que o Gun And Roses ou Justin Bieber, mas, seria divertido andar ao lado deles e apenas dizer ‘hey, Axel, olá’, ou ‘ei, Justin, minha road manager Sophie ama você’. É uma honra tocar no Rock In Rio”, se diverte.

Ansioso para o grande dia, Neelix faz planos para a sua apresentação e espera que o público peça por mais uma música quando encerrar o set. “Poderia ter um fogo de artifício especial para mim, para quando eu começar o show ele parecer maior do que realmente é. Talvez no formato de um fantasma, que é o meu símbolo”. Brincadeiras à parte, Neelix reforça sobre a oportunidade tocar no Rock In Rio. “Estou muito agradecido. Até breve!”.

No dia 9 de setembro, mesmo dia em que se apresentarão Vegas, Blazy e Neelix, também estão escalados os artistas de psytrance Paranormal Attack e Rica Amaral, e os DJs Aly & Fila, Antdot e Meca. “Representar a cultura do psytrance em um dos principais festivais do mundo nos traz uma responsabilidade muito grande, mas, ao mesmo tempo, um orgulho gigante. Para um gênero tão antigo, que passou por tantas fases de preconceitos e ter seu espaço dignamente reconhecido, é motivo de satisfação para que possamos almejar cada vez mais voos maiores”, garante Vitor Falabella, CEO da Season Bookings Agency.

Line Up – 9 de setembro (New Dance Order)

16h – Meca

17h30 – Antdot

19h – Aly & Fila

21h30 – Rica Amaral

22h30 – Vegas

00h – Paranormal Attack

01h30 – Blazy

02h30 – Neelix

 

 

 

Head of Social Media da WiR e amante de música eletrônica.