24 de setembro de 2018

Por que, mesmo após cinco anos, ninguém consegue superar o fim do Swedish House Mafia?

Miami, no 24 de março de 2013, chegava ao fim mais uma edição do icônico Ultra Music Festival, mas com um ressalva: era também um último show do trio mais famoso da indústria da música eletrônica – Swedish House Mafia.

Talvez não tenha sido a maior edição do Ultra Music Festival, mas com toda certeza foi edição com maior público no palco principal do evento. Confira na imagem abaixo como todas as outras áreas do festival estão vazias, enquanto o palco principal está completamente tomado pelo público:

Por que ano após ano, especialmente nas semanas que antecedem o Ultra Music Festival, rumores e mais rumores sobre uma possível volta do Swedish House Mafia são lançados na internet? Qual o sentimento que as pessoas têm por esse grupo?

Bom, talvez a resposta não seja os sentimentos que as pessoas têm sobre o grupo, mas os sentimentos que o grupo proporcionou para cada de seus fãs. Músicas como “Don’t You Worry Child” e “One“, além de singles individuais de integrantes do grupo, como “Calling (Lose My Mind)“, “In My Mind” e “Show Me Love” são alguns dessas músicas que mexem com o sentimento de qualquer fã.

Um dos pontos que alimentam os sonhos dos fãs sobre uma possível volta do Swedish House Mafia é que o grupo nunca disse que era o fim, em diversas entrevistas eles disseram que “nunca acabou” e que sempre deixaram claro para eles mesmo que essa separação era apenas para testar idéias que não se encaixavam no grupo.

Em Maio de 2015, Steve Angello esteve no Brasil para uma turnê e foi perguntado pela Revista Phouse sobre um possível retorno do Swedish House Mafia:

Nunca acabou. Quando nos separamos, deixamos claro que foi apenas para testar nossos novos projetos, as ideias que estavam e estão em nossas cabeças e não se encaixavam no Swedish House Mafia, que até hoje é algo único e tão intenso. Talvez mais para frente quando nossos projetos tiverem sido explorados, voltemos. – Steve Angello

Após a separação do grupo, Axwell e Sebastian Ingrosso deram início ao seu projeto Axwell /\ Ingrosso, enquanto Steve Angello seguiu carreira solo. Apesar de seguirem caminhos diferentes, eles continuaram a lançar músicas incríveis, como “More Than You Know“, “Sun is Shining“, “Children Of The Wild“, “Remember” e “Prisoner“.

Com a edição de 20 anos do Ultra Music Festival, o anuncio de “apresentações especiais de aniversário”, o tema “espere o inesperado”, as alterações recentes nas redes sociais do Swedish House Mafia, os vídeos de Steve Angello no backstage de um dos shows de Axwell /\ Ingrosso e a visita de Steve ao camarim do duo, os rumores voltaram mais forte do que nunca. A verdade é que a chance de uma volta do grupo ainda é bem remota, porém a chance de uma apresentação única e exclusiva do grupo no aniversário Ultra pode, sim, ser considerada real.

Para aqueles que querem saber um pouco mais dos motivos que levaram o trio a se separar, assistam ao documentário do grupo: Swedish House Mafia: Leave the World Behind.

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.