Prestes a voltar aos palcos, conversamos com Sam Feldt O DJ e produtor holandês ficou quase 2 meses se recuperando devido acidente

O DJ e produtor holandês Sam Feldt se envolveu em um acidente em 30 de junho deste ano, enquanto montava sua scooter e fraturou o platô da tíbia. No hospital, eles passaram quatro horas operando a fratura da tíbia em sua articulação do joelho. Devido a este acidente, mais de vinte shows programados com sua banda ao vivo, incluindo seus shows no prestigiado Tomorrowland e Sziget, tiveram que ser cancelados.

Sam Feldt está agora se preparando para seu retorno ao palco. Amanhã, 24 de agosto, ele tocará no Amnesia, em Cap D’Agde, França, no sábado, dia 25, no South West Four Festival, em Londres, e no domingo, 26, ele tocará no palco principal do Mysteryland Festival, na Holanda.

Aproveitando seu retorno aos palcos, batemos um papo exclusivo com Sam Feldt, que está super ansioso em voltar suas apresentações. Confira a seguir:

Primeiramente, é muito bom em ter você de volta! Como você está? Como foi sua recuperação?

Feliz por estar de volta na estrada também! Estou me sentindo ótimo e passei os últimos 2 meses me recuperando e trabalhando em música. Às vezes era difícil ver todo mundo tocando e curtindo os festivais para os quais iria me apresentar – mas consegui transformar essa energia em algo positivo e finalizei 6 novas faixas no estúdio.

E como você está se sentindo finalmente em poder estar de volta ao palco?

Animado e um pouco nervoso. Eu não posso ficar em pé por muito tempo e ainda estou andando com muletas, então meu primeiro par de shows eu estarei fazendo sentado. Se você já esteve em um dos meus shows, sabe que eu normalmente dou uma performance muito enérgica, então é estranho não poder fazer isso por pelo menos algumas semanas. Mas no geral eu estou muito feliz de estar lá para meus fãs novamente!

E o que você mais sentiu falta quando esteve fora da turnê?

Estar no palco com a banda. É uma grande energia quando tocamos os shows com saxofone, trompete e violão ao vivo e ensaiamos muito bem durante o verão. É uma chatice não poder fazer isso!

 

E agora, falando sobre música, seu último lançamento é sua edição de “Where’s My Love“. De onde surgiu a ideia desta música? Inclusive, você está sempre escolhendo ótimas faixas para remixar!

Eu estava realmente em uma reunião de publicidade quando a versão original de Where’s My Love apareceu em uma lista aleatória do Spotify. Eu já tinha escutado algumas vezes antes e quando ouvi de novo, imediatamente me levantei, caminhei até o computador e descobri que era a faixa de reprodução do SYML. Entramos em contato com a gerência dele e ele adorou a ideia de uma versão nova e otimista. Algumas versões depois, todo mundo ficou feliz com o resultado e nós lançamos.

Além disso, alguns dos seus lançamentos deste ano foram suas colaborações com a MÖWE e também com o LVNDSCAPE. Como foi essa experiência para você sobre trabalhar com esses artistas?

Emocionante! Eu vinha seguindo MÖWE por cerca de 5 anos e LVNDSCAPE por 4. Sempre amei suas produções, mas nunca tive a chance de colaborar. Eu acho que as músicas combinam muito bem nossos estilos e ambos têm aquela sensação de noite de verão.

Este ano, você se tornou um embaixador da Greenseat e falou sobre um mundo sustentável. Como você se sente com isso?

Muito bem – eu postei uma resolução de Ano Novo sobre meus assuntos sociais no início deste ano, prometendo tornar minha vida de turnê mais sustentável. Juntamente com o comércio do meu antigo carro poluente para um modelo híbrido e a remoção de todos os plásticos do meu piloto, a parceria com a Greenseat é uma das muitas formas em que me comprometo com um estilo de vida mais sustentável. Todos os meses, calculamos a quantidade de voos que eu tomei e a quantidade de poluição associada aos vôos. Em seguida, investimos em projetos de compensação de CO-2 na África para remover a mesma quantidade de CO-2 do ambiente, tornando meus vôos neutros em relação ao clima.

Desde a sua primeira vez no Brasil, podemos dizer que todas as suas festas são realmente únicas. Como você se sente sobre essa conexão com seus fãs aqui?

O Brasil foi um dos primeiros países em que fiz uma turnê e sempre amei voltar. Eu estive lá na véspera de Ano Novo no ano passado e este ano estarei de volta para uma pequena turnê pelo Brasil nos últimos dias de 2018 também. Vocês têm um gosto musical tão legal e distinto, e uma ótima pista de dança que eu adoro tocar.

E o que seus fãs podem esperar musicalmente de você ao longo deste ano?

Como mencionei anteriormente, tenho sido muito produtivo no estúdio ultimamente por causa do meu acidente. Eu terminei 6 novas faixas e a primeira será lançada em outubro. É uma música que fiz junto com um famoso ator de Hollywood que nunca lançou músicas antes, então estou muito animada para ver a resposta! Muita música de Sam Feldt chegando!

Amanda Nakao

Viciada em criar pautas para DJs e ir a shows de música eletrônica.