17 de fevereiro de 2019
Primeira edição do Pink Elephant Festival desembarca em Fortaleza

Primeira edição do Pink Elephant Festival está chegando em Fortaleza

Grandes nomes da cena eletrônica brasileira, 20 horas de festival, local paradisíaco e muitas outras surpresas, isto é um pouco do que será a primeira edição do Pink Elephant Festival, Em Fortaleza. Com um lineup a altura de Tomorrowland Brasil (com nomes como Chapeleiro, Jakko, ILLUSIONIZE, Dubdogz, Gui Boratto, Paranormal Attack e muitos outros) o festival promete agitar a capital cearense da cabeça aos pés.

Pink Elephant Festival terá sua primeira edição em Fortaleza
Lineup ainda contará com uma atração surpresa

Acreditando na paixão cearense pela música eletrônica, a Pink Elephant, maior rede de clubes noturnos do país, traz para Fortaleza uma edição incrível, começando às 22:00 do dia 30/04 e terminando somente no Domingo, dia 01/05, às 18:30. Com o tema “Peace for the nations” (“Paz para as nações”), o visual harmônico do Hotel Porto D’aldeia Eco Lodge tem tudo para garantir o sucesso do evento, combinando uma decoração sofisticada com a natureza, tornando a vibe do festival ainda maior.

O evento ainda contará com uma mega estrutura de som, Wi-Fi liberado, local para descanso, bares com atendimento personalizado, praça de alimentação, ambulatório, massagistas, salão de beleza gratuito, distribuição de brindes e várias outras surpresas. Com todas as atrações deste mega festival, fica impossível ficar de fora e você já pode garantir seu passaporte para o evento na World Fit – Sports Nutrition, na Avenida Barão de Studart 1182, e na Avenida Des. Moreira 333. E para quem deseja comprar pela internet, os ingressos estão à venda na Bilheteria Virtual.

Para mais informações confirme presença no evento oficial no Facebook e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/events/528476800653805/

Sobre Isac Moura

Isac Moura
Cearense e amante da boa música, escritor, poeta, programador, empreendedor e DJ nas horas vagas. Não tem um estilo preferido, ouvindo desde o mainstream ao underground.