20 de setembro de 2019

[REVIEW] Sunnery James & Ryan Marciano no Laroc Club: sold out e uma festa impecável

No último sábado (13/04), o Laroc, 25º melhor club do mundo – segundo revista DJ Mag -, realizou uma festa e teve mais um sold out pra conta: os ingressos esgotaram um dia antes do evento.
Italo Vieira e Music Mates, primeiros djs a tocar, iniciaram as apresentações do dia com uma pegada mais leve (literalmente) para receber o público de forma harmoniosa, trazendo aquela experiência visual de tecnologia e natureza que só o Laroc oferece.

Por volta das 20h, Bruno Martini iniciou seu show cheio de momentos peculiares. O dj tocou violão no meio das músicas e chamou diversos parceiros musicais para se apresentarem junto com ele. Zeeba, Mayra, Isadora e Fiuk foram alguns dos cantores que fizeram live no set, animando todo o público com os sucessos “Hear Me Now”, “Champagne”, “Sun Goes Down” e ” Penso em você”.

Bruno Martini e Zeeba

O ápice da noite foi quando o duo Sunnery James e Ryan Marciano entrou com toda sua energia e simpatia já conhecida. Os djs trouxeram sua festa autoral intitulada “Sexy By Nature” e tocaram durante 2h30min. Hits como “Babilonia”, “You Are” (parceria com Armin van Buuren), Savages e Shameless foram tocados, sendo a última track citada uma parceria recente com Bruno Martini e a cantora Mayra, e ambos subiram ao palco junto ao duo para performarem.

Sunnery & Ryan, além de tudo, trouxe durante o set remixes de algumas músicas de reggaeton antigas, bem como do hit “I like it (Cardi B, J Balvin e Bad Bunny)”, ainda passando pela inconfundível “Great Spirit” de Armin e Vini Vici. Ou seja, um show mesclado de sensações sonoras diferentes, mas com a personalidade inconfundível dos djs.

Sunnery James & Ryan Marciano

Sendo a 5a atração da festa, o queridinho Chemical Surf tocou seus incontáveis sucessos, eletrizando todos que estavam presentes e soltando aquele grave que ninguém pode descordar: único e contagiante, que não deixa ninguém parado. Viktor Mora foi o último a se apresentar, terminando mais de 3h da manhã e fechando com toda energia uma festa espetacular, que ficou na lembrança e mostrou, mais uma vez, o porquê da consolidação do Laroc Club como um dos melhores do mundo.

Matéria por: Hellen Wanderley.

Sobre Redação WiR