20 de agosto de 2019

“TIM”, álbum póstumo de Avicii foi lançado

O álbum póstumo do DJ sueco Avicii acaba de ser lançado. Intitulado “TIM”, nome de batismo do músico, o disco contém 12 faixas, incluindo “SOS” e “Tough Love”, os dois singles divulgados recentemente.

Pouco antes de falecer, em abril de 2018, Avicii já havia escrito a maior parte das canções que fazem parte deste álbum, mas que ainda não estavam completamente finalizadas. Além disso, ele também deixou anotações sobre o material, o que deu referência para os colaboradores e amigos que estavam trabalhando com o DJ na época, deixando o trabalho bem próximo do que o sueco queria.

No último final de semana, houve uma ação de lançamento, em São Paulo, para divulgar, em primeira mão, trechos exclusivos do novo disco para os fãs. A campanha foi chamada de “Avicii Cube” e o objetivo era conectar as pessoas ao redor do mundo, através das músicas do artista. Foram instalados cubos interativos em seis cidades, incluindo Nova Iorque, Londres e Sydney. Na capital paulista, a ação aconteceu no MorumbiShopping. Toda a atividade era interativa e bastava o participante entrar na cabine instalada, colocar a mão sobre a tela luminosa que, automaticamente, o cubo era ativado e procurava por outro ao redor do mundo. Quando a conexão era estabelecida, os dois participantes ouviam, com exclusividade, os mesmos trechos de “TIM”.

Durante o ano passado, a equipe do DJ ouviu diversas histórias sobre como a música conecta os indivíduos e os ajuda a curá-los. Eles entenderam o importante papel que Avicii desempenhava na vida de diferentes pessoas ao redor do mundo. O conceito do álbum póstumo de Avicii é, justamente, de unir as pessoas, através da música, independente da onde estejam.

Os valores arrecadados com as vendas do álbum irão para a organização sem fins lucrativos Tim Bergling Foundation, criada pela família do astro em sua homenagem, cujo objetivo inicial é promover o cuidado com a saúde mental e prevenir o suicídio. A fundação também será focada em assuntos como mudanças climáticas, assistência ao desenvolvimento, preservação do meio ambiente e de espécies em extinção, assuntos os quais oDJ tinha grande interesse e verdadeira paixão.

Um dos maiores e mais famosos nomes da música eletrônica – e nomeado pela Billboard como “Artista do Ano” na categoria “Top Artist Dance/Electronic” – Avicii foi encontrado morto aos 28 anos, deixando uma legião de fãs e admiradores, que continuam cantando seus maiores hits, como “Wake Me Up!”, “Addicted to You” e “I Could Be The One” (com Nicky Romero), com uma dose de nostalgia e saudade.

Ouça o novo álbum:

Sobre Redação WiR