12 de dezembro de 2018

Uma seção de nostalgia com o Rebolation

Se você gostava de música eletrônica em meados do ano de 2006 ou 2007, você com certeza já ouviu falar em “Rebolation”.
Na época, pronunciado como “reboleixon” a palavra teve a definição de ser a dança da música eletrônica. Surgiu direto das raves brasileiras e acompanhava os estilos de psy trance e electro house.

Se tornou popular segundo o Google Trends no 2° semestre de 2007 e ganhou total atenção em 2009. Muitos de nós aprendemos os passos, e usamos até hoje nas festas, raves, festivais, e você com certeza estará familiarizado com os tipos de dança que vou colocar aqui nessa matéria, e se não conhece pode se aprofundar um pouco em uma tendência que parece estar voltando para as nossas festas e redes sociais.

Existem diversos estilos de dançar música eletrônica, os mais populares são: Rebolation, Melbourne Shuffle, Free Step, Sensualize, Hard Jump e Jumpstyle.

– Há quem diga que o Rebolation é na verdade um subgênero do Melbourne Shuffle (Originado em meados de 1980 na cena Rave e Underground de Melbourne, na Austrália e inspirada na Rave Inglesa), que é um dos estilos mais respeitados mundialmente pela sua diversidade de passos e sua riqueza cultural.

– O Free Step, (na tradução livre) os passos livres, teve origem após um grupo de axé manchar o nome do “Rebolation” com uma dança que não tinha nada a ver com música eletrônica. Dancers do Brasil então decidiram mudar o nome e então surgiu o “Free Step”. Uma mistura de Street Dance com o Rebolation, mas no final, cada um dança como quer apenas utilizando alguns dos passos principais de ambos os estilos com outros passos aleatórios.

– No Sensualize, os movimentos tendem a ser mais sensuais, era adotado por muitas mulheres e ficou bastante conhecido com alguns vídeos da “Pucca Sensualize” (você se lembra dela?). Ao contrário do Rebolation os movimentos são livres e não se usa os pés. O segredo era requebrar os quadris e mexer as mãos de maneira sensual, por muitas vezes tocando o próprio corpo.

Hard Jump e Jumpstyle, como já diz o nome, é uma dança que pulamos e muito! São estilos mais hardcore e a diferença entre eles, é que Hard Jump você dança de uma maneira mais agressiva, e tem ênfase nas pontas dos pés. Já o Jumpstyle é uma dança um pouco mais sincronizada, e com alguns movimentos obrigatórios.

Agora que já apresentei para vocês alguns estilos de se dançar música eletrônica, gostaria de ressaltar que navegando na internet esses dias encontrei muitas páginas no Facebook, postando diversos vídeos com esse tipo de conteúdo e me pergunto: “Essa tendência está voltando, graças as nossas páginas no Facebook?” Talvez. A divulgação em 2007 foi via Orkut e Youtube, e agora está sendo gerada via Facebook, Instagram e Youtube.

Vou mostrar para vocês, alguns dos principais vídeos antigos para se aprender a dançar:

1- O vídeo mais visto do Youtube, com + de 10.000.000 de visualizações é do RalpH Fritow’s. Vídeos de 8 anos atrás:

Obs: Comentário do Uniday Studio: “quem ta vendo em 2016 pra matar a saudade? kkk”, muita gente!

2- A moda era procurar um Tutorial decente para aprender, e na época muitos deles eram com imagens bem ruins mas o Leonardo Ruza conseguiu fazer um dos melhores, veja só:

Curisodade: Uma das músicas mais populares para dançar na febre do Rebolation era a do DJ Antoine – Work Your Pussy Baby, que é a música do vídeo acima.

3- E se você quer uma inspiração atual para começar a dançar, vou deixar esse vídeo do @guerrerojah com o @anderson_jovani, (você pode seguir ambos no Instagram) 2 dancers de Barcelona:

Eles possuem um canal no Youtube também, onde ensinam os passos e postam suas danças em ambientes diferentes.

Finalizando essa matéria, vou deixar só mais um vídeo que foi postado pelo Alok no Instagram, com o dancer Dottz Brown e a track “Alok & Sevenn – I need the bass”.

Agora, já tem tudo pra aprender a dançar. No Youtube e no Instagram existem diversos vídeos que você pode se identificar também. Vamos aprender, vamos dançar e vamos destruir nas nossas festas, baladas e raves! Acredito que o estilo que prevaleceu na cena seja o “Free Step”, dançamos livremente, alguns com passos outros sem, mas o importante mesmo, é dançar!

Curiosidade:
Você irá encontrar muitos vídeos com a famosa calça “Shuffle Pants” que tinham alguns itens de Neon, Brilhantes e eram boca de sino (eram enormes). Já hoje um dos produtos comuns entre os dancers é o tênis de led, e você pode encontrar um aqui: Tênis de Led.

Créditos ao Roger Dance, do @mundo_danca pelas definições dos estilos.

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.