Zerb segue crescendo com seu sucesso “Mwaki”

Depois de dominar as paradas globais do Spotify em primeiro lugar por 9 dias consecutivos, “Mwaki” continua a conquistar o mundo: Zerb ultrapassou 7,4 milhões de streams mensais no Spotify esta semana. Pela quarta semana consecutiva, “Mwaki” atingiu o recorde histórico no Spotify, com 740,093 streams; aumentou 31% nos últimos 28 dias e 5,7% nos últimos 7 dias.

Em todas as versões, incluindo remixes, a música ultrapassou um milhão de streams diários no Spotify. A música está se espalhando de forma viral e tem chamado a atenção dos melhores DJs do mundo.

“Mwaki” é a mais recente gravação viral global do DJ e produtor brasileiro Zerb e da vocalista queniana Sofiya Nzau, que canta na língua banta queniana Quicuio. Este encontro entre arte, culturas e lugares dá vida a “Mwaki”, oferecendo uma experiência visual única e inesquecível que prova mais uma vez que não se trata apenas de uma canção; é uma sinfonia visual que celebra a riqueza cultural do Quênia e complementa o brilho musical do tema, provando que “a música é uma linguagem universal”.

Zerb viajou para Hell’s Gate, no Quênia, para filmar o icônico videoclipe de “Mwaki”

A decisão de filmar Hell’s Gate foi deliberada, pois ofereceu a tela perfeita para a interpretação visual de “Mwaki”. As paisagens deslumbrantes, aliadas à visão criativa de Zerb, criam uma fusão perfeita de música e imagens que é cativante e evocativa.

Dirigido pelo talentoso Mikhail Mehra, conhecido por seu trabalho no sucesso viral de Major Lazer, “Lean On”, o videoclipe de “Mwaki” não é apenas uma representação visual, mas uma obra de arte que transporta os espectadores para um mundo de deslumbrantes paisagens quenianas. A escolha de Hell’s Gate, no Quênia, como pano de fundo acrescenta uma dimensão poderosa e bela à narrativa.

Inspirados na essência da música, o vídeo capta o espírito vibrante do Quénia, mostrando a sua beleza natural e riqueza cultural. O lançamento do videoclipe marca um marco importante na carreira artística de Zerb e promete deixar uma impressão duradoura no público de todo o mundo.

O DJ brasileiro Zerb já colaborou com artistas como Martin Garrix e Vintage Culture, mas com “Mwaki” ganhou rapidamente o selo de aprovação de Diplo, Tiësto e muitos mais. A lenda do dance Armin van Buuren afirmou ser a “faixa de dance da semana” em seu programa de rádio semanal. Em 2023 vimos a ascensão de Dom Dolla, John Summit e Tale of Us, mas agora dizemos que 2024 é o ano de Zerb.

 

 

Head of Social Media da WiR e amante de música eletrônica.