19 de julho de 2019

Contagem regressiva para a 1ª edição do Ame Laroc Festival

O Laroc Club, primeiro sunset club do Brasil e o Ame Club, espaço dedicado a proliferação do house e do techno se unem nos três dias de carnaval para a primeira edição do Ame Laroc Festival, que será realizado entre os dias 2 e 4 de março.

No line up, destaque para a variedade de estilos, que nesta edição conta com representantes do techno, house, trap, dubstep, EDM e dancehall. Entre os headliners, o francês DJ Snake retorna ao Laroc um ano após apresentação memorável no carnaval do club, prometendo repetir a dose no primeiro dia de festival, enquanto o norueguês Alan Walker volta ao Brasil depois de ter se apresentado no Lollapalooza 2018. Walker é um dos destaques do domingo, e o alemão D-Nox chega como uma das principais atrações da segunda, dia de encerramento do festival. Ainda do lado europeu, os britânicos do Camelphat e Hotsince 82, nomes sempre aguardados por aqui, comandarão o palco Ame no segundo dia de festival. Os americanos Seth Troxler, Diplo e Dubfire são alguns dos nomes que se apresentam no sábado e na segunda-feira de carnaval. 

Do lado nacional, artistas como: FTampa, CIC, KVSH, Pontifexx, Gabriel Boni, DJ Glen, Bhaskar, Junior C e Radiomatik se revezarão nos dois palcos do festival, durante os três dias de programação. Confira o line up completo ao final do texto. 

Segundo os sócios, Mario Sergio de Albuquerque, Silvio Soldera e Fauze Abdouch, o Ame Laroc Festival  vem para preencher uma lacuna no mercado e contribuir para o crescimento do cenário  da música eletrônica.

Podemos esperar uma mistura de estilos, já que o Laroc geralmente traz artistas mais para o house e o EDM e o Ame veio com um conceito mais underground e focado em Techno. – Mario Sérgio de Albuquerque

O Festival será a primeira experiência integrada das duas casas de música eletrônica do Grupo Laroc, contando com dois palcos e mais de 30 atrações.
 
Ingressos disponíveis no: http://tickets.amelaroc.com

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.