Deep Please Festival promove experiência imersiva com destaques especiais

No dia 22 de janeiro, rolou no Rio de Janeiro o Deep Please Festival. O retorno do festival contou com mais de 25 atrações, dentre elas: Chemical Surf, Dubdogz, Fancy Inc, D-Nox e muitos outros que fizeram a alegria dos fãs com dois palcos espalhados pelo espaço do Riocentro, na zona oeste.

Além disso, outros diferenciais tornam o Deep Please mais atraente para você que quer uma experiência mais apaixonante, repleta de detalhes e curiosidades que te levam para outro patamar. Mas, como no review do Cercle, vou separar este review por tópicos para detalhar tudo o que pude vivenciar nas mais de 14 horas que fiquei.

LOCAL – RIOCENTRO

O Riocentro é um espaço bastante utilizado para eventos de grande porte e a organização do Deep Please soube administrar os espaços para deixar o mais confortável possível para o fã que fosse desfrutar o festival. No gramado estava o palco principal, o Forget contou com as principais atrações do evento e contou com um diferencial para prevenir possíveis problemas com a pista.

Palco princioal, Palco Forget – Foto: David Barbosa

E qual era este diferencial? Caso chovesse, a pista do palco Forget se tornaria um pântano escorregadio e cheio de lama. Para prevenir isso, a organização colocou um piso de madeira bem reforçado em 70% do local da pista. Além de evitar acidentes e experiências desagradáveis com o solo acidentado do gramado, auxiliou no conforto dos fãs ao curtir o Deep Please.

O palco Inimigos do Fim ficou no interior do pavilhão das artes, as atrações deste espaço contaram com variados estilos do underground. Por ficar no interior do pavilhão, o espaço ficou muito grande para o público curtir os DJs até o fim.

Palco Inimigos do Fim – Foto: David Barbosa

Ao redor do espaço utilizado, havia uma praça de alimentação próximo ao “Inimigos do Fim” com diversas opções de comida. Mesas e cadeiras foram colocadas para acomodação enquanto os festivaleiros se alimentavam. Uma boa opção de conforto para as 23 horas de pura música eletrônica, isso ajuda a descansar um pouco para recompor as energias para curtir mais.

Outro fator importante para quem quisesse comprar lembranças do Deep Please, era uma loja oficial que continha blusas, bonés e outros artigos à venda.

O palco Forget era especial, gigantesco e representava bem o Rio de Janeiro com símbolos e toda a energia que só temos por aqui. Os dois palcos contavam com áreas premium, ambas eram cobertas, tanto no pavilhão como no gramado.

ATRAÇÕES

A força do Deep Please estava em seu line-up recheado de grandíssimos artistas da cena. Estes artistas foram bem distribuídos nos dois palcos, dando opção para o fã que poderia optar por estilos mais profundos ou “mainstream”. No palco principal, os destaques proporcionaram sets especiais de Fancy Inc, Meca, Chemical Surf, Dubdogz e Felguk, que agitaram o público que sempre respondia à altura dos artistas.

Line-up do Deep Please Festival – Foto: Divulgação

Outro destaque é que Dubdogz proporcionou uma apresentação nova e exclusiva para o Deep Please, contando com participação especial da vocalista Giana Althaus. Giana agitou o público com a música que está bombando nas principais plataformas de streaming, a música Beggin’.

Dubdogz e Giana – Foto: Bruno Contrino

“Foi uma das primeiras oportunidades em um palco grande para um público grande… Eu não tava esperando tanta gente, é um festival maravilhoso com uma estrutura maravilhosa! A energia com a galera com a mão pra cima, cantando comigo. Foi f*da pra caramba!” – disse Giana, após se apresentar no palco Forget com Dubdogz.

Uma coisa que me encantou bastante foi o set de Fancy Inc, que foi agitado e repleto de sucessos da dupla. Inclusive, a música nova deles me agradou bastante. A faixa “Healing” conta com vocais e melodias marcantes que deram um toque bem especial em sua bombástica apresentação.

No palco “Inimigos do Fim”, o nome não era à toa. A festa só acabaria às 3 da tarde do dia seguinte e misturou o house, o house melódico, o techno e até Psy-Trance. Entre as atrações, o DJ Maz se destacou bastante pela sonoridade e levantou a pista até D-Nox entrar e dividir o palco. D-Nox especialmente me tocou por um set forte, com muitas melodias e músicas impactantes o que tornou um set emocionante e dançante ao nascer do sol da cidade maravilhosa. D-Nox, na minha opinião, apresentou o melhor set do festival.

DESTAQUES ESPECIAIS

Encerrando essa linha, eu indicaria fortemente a DJ Heloah. Para quem não sabe, o Deep Please Festival fez um DJ contest com artistas que vieram da AIMEC e Heloah foi a vencedora. A DJ abriu o palco principal do festival e contou com uma variedade musical muito rica entre o Melodic Techno e o Organic House, aquecendo a pista e dando um toque especial que vai além dos estilos já consagrados no Brasil.

Complementando os detalhes que o Deep Please proporcionou, são as performances de uma equipe de artistas e dançarinos que fizeram a alegria da galera na entrada do festival durante a tarde e contaram com incríveis apresentações durante a noite nos dois palcos. Tudo isso foi coordenado por Mavi Gouveia.

Mavi Gouveia – Foto: David Barbosa

“Tentei unir as duas pegadas do Deep Please: o diurno e o noturno. O diurno é mais carnavalesco, com brincadeiras misturando com o eletrônico. O noturno trás uma parte mais especial, trazemos o fogo para dar impacto e muita fantasia combinando com as cores do evento. São 7 performers (dançarinos), trazendo leveza e ao mesmo tempo sendo mais densos. Queria agradecer muito a toda equipe da Deep Please pela liberdade artística que me deram para fazer um trabalho bem feito que não se vê em nenhuma outra festa no Rio.” – Comentou Mavi Gouveia, Diretora de Performance.

O Deep Please Festival confirma que grandes eventos e festivais podem retornar ao Rio de Janeiro com energia máxima, incluindo experiências e atrações exclusivas que tiram o fôlego. Além de servir de exemplo para outros, o toque especial imersivo é uma ótima opção para você que mora no Rio de Janeiro e curte uma boa música eletrônica.

Isso demonstra a força da cena eletrônica carioca e motiva a concorrência a trazerem eventos tão fortes e destacantes como este. E o Deep Please já tem data para retornar, no carnaval, no Parque dos Atletas, prometendo uma line tão empolgante com o melhor do carnaval carioca.

Editor-Chefe deste portal, sempre ouvindo algo diferente do comum...