25 de setembro de 2018

Diplo fala sobre Justin Bieber, sua própria ascensão e muito mais

Sua capacidade de resistência é algo que tem se desenvolvido ao longo de uma carreira de mais de 15 anos e se estende por colaborações com artistas vencedores de Grammys, jamaicanos, estrelas da música pop e muito mais.

Thomas Wesley Pentz começou no duo Hollertronix. A maioria de seus fãs hoje provavelmente não conhece este fato, assim como eu não sabia. Mas foi nessa época que ele lançou a mixtape com M.I.A. que colocou sua carreira em chamas. A música tornou seu foco principal, algo que ele não podia realmente compreender no momento.

Quando eu era mais novo, eu não conhecia ninguém que ganhava a vida sendo DJ. Eu simplesmente não imaginava isso. […] Então, de volta em Philly, eu estava fazendo tudo o que eu podia fazer, fazia um pouco de dinheiro das nove às cinco alugando pequenas VFWs, e fazendo shows como DJ.

Agora, Diplo está tocando em mais de 350 shows por ano. Hoje ele tem 36 anos de idade, que na cena atual da música eletrônica pode fazê-lo parecer um dinossauro.

Por um lado, você tem que entender que a indústria da música é diferente da indústria crítica – os escritores e as pessoas estão falando sobre a tendência do momento. Quando você está fazendo música, você está sempre dentro ou fora dela, e é importante as pessoas mostrarem respeitoindependente de qualquer coisa.

Este ano, Skrillex e Diplo criaram um álbum de enorme sucesso chamado “Skrillex & Diplo Presente Jack U” que continha o hit “Where Are U Now” com Justin Bieber. Essa música tem feito mais para a carreira deles do que a maioria de suas músicas, com aparições no Charlie Rose em PBS e no VMA desse ano.

De acordo com Diplo, a música era sobre quebra de expectativas. Ele diz que algumas pessoas ficariam felizes, outros odiariam, mas acima de tudo, ele estava olhando para a reação das pessoas que disseram “Como é que eu gosto dessa música?” Pois Justin não é uma figura simpática – ele é respeitável, ele construiu sua carreira a partir do zero até o que ela é hoje – mas se ele fosse “candidato à presidente” o resultado da votação não seria invejável. Ainda assim, as pessoas acabaram com esse conflito interno e gritaram: “Eu sei que é o Justin Bieber! Mas eu não me canso de ouvir … ”

Se eu fizer uma música que faz as pessoas pensarem que Justin Bieber é legal e faze-los para dançarem – o que parece ser uma das tarefas mais difíceis, então talvez as pessoas irão repensar a maneira como elas pensam em relação a música, sabe?

Diplo foi perguntado, “Parece que seu processo é, em parte, sobre encontrar algo que você possa vender. Foi por isso que você se aproximou de Justin Bieber?”. A pergunta dava a ideia que ele “se vendeu”, mas Diplo foi franco e honesto em sua resposta.

Eu conheci Bieber, há alguns anos, produzindo uma música para ele chamada “Pensamento de Você” com Ariel Rechtshaid. Eu conheço seu empresário, Scooter, há muitos anos, ele empresariava Kelis. Eles me mostraram respeito, então eu sempre os mantive por perto. Eles confiaram em mim quando eu pedi um vocal. Era como um acéfalo. Eles haviam atingido um lugar onde nada estava dando certo para eles, Justin meio que estava no fundo do poço com parte da imprensa por conta da prisão e quando ele abaixou suas calças em alguma cerimonia ou algo do tipo. Eu nem estava prestando atenção, mas eu sei que ele não era muito legal. E eu realmente estava tentando ajudar Skrillex a repensar seu projeto. Então eu pensei que trabalhar com Bieber seria a coisa mais notável que pudéssemos fazer. Seria uma grande música e deixaria todo mundo realmente fodido. Nós os deixaríamos realmente decepcionado e ao mesmo tempo muito confusos, do tipo “Como é que eu gosto dessa música?”

Leia toda a entrevista do Diplo na FADER aqui.

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.