[Entrevista] Conversamos com o duo holandês Dubvision

DubVision é uma das principais duplas da cena eletrônica atualmente, formado pelos irmãos Victor Leicher Stephan Leicher, acumulando lançamentos nas maiores gravadoras do mundo, como Spinnin Records, Axtone e Doorn Records e recentemente Musical Freedom, aonde lançaram a faixa “Geht’s Nocht“, que tem sido bastante elogiada. Os irmãos ainda alcançaram top 1 no beatport com a música “Backlash“, na qual trabalharam junto com Martin Garrix.

O duo conversou um pouco sobre suas inspirações, seus planos para 2017 e sobre novas músicas, confira a entrevista na íntegra abaixo:

WiR: Hoje em dia vemos que a música eletrônica está com forte influência do pop, como podemos ver nas últimas músicas de Martin Garrix e The Chainsmokers, vocês estão trabalhando em músicas com influência “pop” também?

Não tanto com influências de Pop, mas nós com certeza estamos trabalhando em coisas diferentes do nosso som tradicional. Não somente para ouvir nos clubes e festivais, mas também para ouvir quando estiver descansando ou viajando.

WiR: Quais artistas inspiram vocês em suas carreiras? Tem alguém que ainda sonham em trabalhar junto?

Axwell sempre foi nossa maior inspiração desde o começo de nossa carreira, desde o projeto Swedish House Mafia, até atualmente com Axwell /\ Ingrosso. Ele é o melhor pra dar feedback, o olho dele para detalhes é impressionante. Nós amaríamos trabalhar com ele num futuro próximo. Outros artistas que também gostamos muito e seria interessante produzir junto seriam: Alesso, Zedd e Calvin Harris.

WiR: Quais foram as experiências mais incríveis que vocês tiveram com o DubVision?

Encontrar nossos fãs sempre é incrível. Por várias vezes nós encontramos pessoas, que estavam chorando, por que nossa música significava muito para elas. Isso é algo incrível e nos lembra o motivo pelo qual escolhemos essa vida.

WiR: DubVision sempre foi mais inspirado no Progressive House, o que inspirou vocês a seguir um caminho diferente com a Get’s Nocht?

Nós amamos Progressive House e continuamos produzindo ainda, mas nós queríamos fazer algo diferente e criativo para nossos sets. Tocar um set inteiro de uma mesma vertente é muito chato pra gente, então nós tentamos sempre elaborar nossas apresentações com produções nossas de diversas vertentes.

WiR: Com tantos duo’s se separando, qual é o segredo para vocês continuarem juntos após tanto tempo?

Nós somos irmãos, então nós vivemos a nossa vida inteira juntos. Achamos que isso é um diferencial que outros duo’s não devem ter.

WiR: O que nós podemos esperar do DubVision em 2017?

Vocês podem esperar muita música nova, no nosso estilo tradicional e também muita coisa diferente. E é claro vamos nós apresentar em diversos shows nesse ano. Além disso estamos trabalhando em merchandising e alguns projetos bem empolgantes para nossos fãs!

WiR: Vocês já se apresentaram no Brasil? Como foi a experiência? Planejam voltar?

Sim, nós já fomos! Fizemos uma pequena turnê da última vez e foi surpreendente! Nós amamos muito a América do Sul e principalmente o Brasil. As pessoas são muito legais e a comida é muito boa. Nós com certeza vamos voltar o quanto antes!

Share