18 de dezembro de 2018

Entrevistamos Mesto, o jovem estrela em ascensão que anda conquistando uma legião de fãs ao redor do mundo "Eu adoraria ir ao brasil. Eu nunca estive ai. Esse é um grande objetivo meu!", diz Mesto

Melle Stomp, mais conhecido como Mesto, é o jovem estrela em ascensão que anda bombando nas plataformas digitais com suas produções. Considerado por ser um dos maiores talentos da cena de dança holandesa, o nome de Mesto começou a surgir em 2015, quando ele lançou o hit “Bouncy Bob“, juntamente com Martin Garrix e Justin Mylo, que resultou a primeira posição na lista de talentos de dança da DJ Mag para 2016.

Após o lançamento várias faixas de clubes, como sua colaboração de “WIEE” com Martin Garrix, “Chatterbox” com Fox Stevenson, e o “BRUH” com Curbi, Mesto vem hipnotizando todos com suas produções contagiantes em todo o redor do mundo.

Atualmente, prestes a completar 19 anos de idade agora em Setembro, Mesto está vivendo um sonho de qualquer jovem. Sua colaboração “Coming Home” com Tiësto, está prestes a completar 12 milhões de transmissões no Spotify. E o melhor de tudo? A colaboração surgiu graças a demo que ele enviou para Tiësto, que acabou amando a faixa!

No dia 18 de Outubro, Mesto terá mais uma edição de sua festa autoral Messin’ Around durante o ADE – Amsterdam Dance Event. O evento contará com Jay Hardway, Curbi, Justin Mylo – artistas no qual Mesto já fez colaborações – e Throttle. O evento é um dos mais comentados da programação do ADE.

E com todas as novidades e seu recente lançamento “Missing You“, lançado pela Spinnin’ Records, Mesto nos conta um pouco sobre sua festa, colaborações, nova track e Brasil. Confira a seguir:

Você terá a festa Messin’ Around durante o ADE. O que podemos esperar deste evento e como você escolheu a programação?

Sim, eu vou! Estou super ansioso para isso. Convidei todos os meus amigos mais próximos de DJ, incluindo alguns grandes nomes. Eu fiz meu primeiro evento solo no ADE do ano passado pela primeira vez e as vendas esgotaram muito rápido. Este ano vai ser mais louco ainda, já que o local é muito maior e o line-up também!

Missing You” é o seu último lançamento e você disse que sua turnê na Ásia foi sua inspiração por trás disso. Pensando nisso, você tem planos de trabalhar com algum artista asiático no futuro?

Sim, é verdade. Estou amando tudo sobre a Ásia e fazendo shows legais na China e no Japão novamente em breve. Ultimamente eu tenho falado sobre trabalhar em algo junto com o DJ chinês Carta, então quem sabe!

Você lançou recentemente também o seu remix “Be Right Here” e recebeu muitas mensagens positivas sobre ele – e é o meu remix favorito! Você recebeu um convite para fazer esse remix? Ou você fez e acabou enviando para o Kungs? Nos conte mais sobre isso!

Isso é um grande elogio! Obrigado. A primeira vez que ouvi a música original foi quando o Kungs tocou no Ultra em Miami, e eu imediatamente me apaixonei pelo vocal e pelos acordes. Mandei uma mensagem para o Kungs dizendo que AMEI sua música e ele me pediu para remixar. Eu tentei fazer um pouco mais emocional e mais Mesto. Estou super feliz com o feedback positivo!

Sua colaboração com o Tiësto foi um enorme sucesso e ainda está indo muito bem em plataformas digitais. Como você se sente com isso? E como foi trabalhar com uma lenda como Tiësto?

Desde que lancei a minha faixa com o Tiësto, tudo foi uma montanha russa! Acabamos de atingir os 11 milhões de transmissões no Spotify – o que é uma loucura – e toda vez que eu toco essa música, toda a platéia parece cantar com a melodia. Louco!
E trabalhar com Tiësto foi incrível, eu estava enviando muitas das minhas faixas anteriores para ele e toda vez que ele me dava feedback. Uma vez que enviei a ele uma versão demo de “Coming Home“, decidimos terminá-lo juntos. E foi assim que Coming Home nasceu!

Você tem uma faixa com o Mike Williams, que é um grande amigo seu. Quando ela será lançada? Você pode nos dar algum spoiler? Inclusive, de onde surgiu a ideia desta colaboração e como foi trabalhar com ele? Estamos super animados com essa faixa!

Mike é um grande amigo meu e eu o conheço há muito tempo! Nós começamos a ideia no meu estúdio em Amsterdã e gravamos os vocais no mesmo dia – o que foi muito legal. Estamos trabalhando nisso para esperançosamente lançá-la em outubro. Estou super empolgado para lançar essa música!

Suas produções são realmente únicas e podemos ver claramente um “toque de Mesto” nelas. Como você define sua música e o que você tentou expressar através de cada uma?

Obrigado! Eu sempre tento adicionar algo a “mais” a cada faixa. Missing You poderia ser um bom exemplo. Em uma parte do drop você tem esses acordes que eu realmente gostei quando os coloquei lá. Eu acho que esses acordes realmente tornam a faixa única.

Vendo todos os grandes nomes com os quais você já trabalhou, quem é o próximo? Nós achamos que você definitivamente deveria fazer algo com Don Diablo porque ambos os estilos combinam perfeitamente! Haha

Eu amo o Don Diablo! Seria insano colaborar com ele no futuro. Por enquanto, estou trabalhando em uma nova faixa junto com o Brooks, que será muito legal também. Meu objetivo de colaboração agora seria um grande artista como John Mayer.

Você deve ter muitas influências, mas o que você anda ouvindo? Nos conte suas faixas favoritas deste mês!

John Mayer – New Light
Kings of Convenience – Misread
Clairo – Pretty Girl
Bee Gees – How Deep Is Your Love

E você tem planos de vir ao Brasil no próximo ano? Seu público na América do Sul está crescendo tão rápido e seria ótimo ver você tocando aqui!

Eu adoraria ir ao brasil. Eu nunca estive ai. Esse é um grande objetivo meu!

E para terminar, deixe uma mensagem para seus fãs brasileiros e esperamos vê-lo em breve por aqui!

Muito obrigado por todo o apoio que vocês me deram até agora! Eu amo vocês e espero ver vocês em breve em um show no Brasil.

Sobre Amanda Nakao

Amanda Nakao
Viciada em criar pautas para DJs e ir a shows de música eletrônica.