Lollapalooza Argentina e Chile é adiado em meio a casos do COVID-19

O Lollapalooza, foi cancelado na Argentina e no Chile depois que os casos de coronavírus começaram a aumentar. Com 30 casos confirmados e 1 óbito devido ao COVID-19 (coronavírus) no momento desta publicação, Buenos Aires cancelou todas as reuniões públicas. Gustavo Posse, prefeito de San Isidro (onde ocorreu o evento) afirmou:

“Por razões de conhecimento público relacionadas ao coronavírus, informo que o Lollapalooza não será realizado em San Isidro nas datas programadas: 27, 28 e 29 de março”

Lollapalooza Chile anunciou no twitter o cancelamento do festival, afirmando:

“Diante dessa situação sem precedentes, nossa maior prioridade é manter a saúde e a segurança do público, artistas e nossas equipes e respeitar os métodos preventivos das autoridades públicas e de saúde.”

O lineup dos dois eventos tinha artistas famosos, incluindo Guns N ‘Roses, Travis Scott, The Strokes, Lana Del Rey, Martin Garrix, Gwen Stefani e outros. Ambos os festivais devem ser adiados para o segundo semestre de 2020, mas isso dependerá da gravidade do vírus. O Lollapalooza Brasil está programado para acontecer de 3 a 5 de abril em São Paulo. Até o momento da publicação dessa matéria, a organização do evento não se pronunciou. A edição 2020 do Lollapalooza nos Estados Unidos não anunciou se foi cancelada ou se permanecerá agendada para julho.

Como vimos em todo o mundo, grandes festivais continuam sendo cancelados. Se você é portador de algum ingresso para qualquer festival que não seja cancelado, prepare-se para ficar desapontado. Esperamos que, em pouco tempo, possamos curtir e festejar nos festivais mais uma vez.

Clênio Martins

Mineiro, amante de música eletrônica na suas variadas vertentes.