Mind Against lança remix de tirar o fôlego de ‘The Prey’ do Monolink

Aproveitando uma enorme onda de sucesso com seu último single, The Prey, o artista alemão internacionalmente conhecido Monolink, agora busca expandir os méritos do terceiro single de seu álbum que está por vir este ano.

Com um videoclipe oficial, dirigido por um artista irlandês Paraic McGloughlin, Monolink acaba de lançar o remix da dupla Mind Against, para explorar uma interpretação dinâmica e orientada para a pista de dança da obra-prima reflexiva e lenta.

O remix fascinante de Mind Against mostra os irmãos italianos e os parceiros de produção, transformar o belo corte melancólico de Steffen Linck em uma imersão musical diferente, adicionando seu efeito hipnotizante aos seus vocais sensuais e ritmos down-beat para entregar uma perfeita versão do techno melódico.

Um dos nomes favoritos de uma das maiores gravadoras de techno da indústria (Afterlife, Hotflush e Life and Death, mencionando apenas alguns) e com uma série de remixes icônicos para nomes como Roisin Murphy, Camelphat, Art Department e Green Velvet, ao longo de sua grande carreira, o dom inato de Mind Against para criar emoção crua por meio dos sintetizadores analógicos e instrumentos percussivos de seu estúdio é traduzido exclusivamente para a pista de dança, onde seu toque suave e comovente no techno melódico cria um tipo especial de pico para o clube.

Fora dos muros de seu estúdio, os irmãos italianos se tornaram DJs renomados e mundialmente reconhecidos, deslumbrando em muitos dos principais clubes e festivais de música eletrônica. A compreensão instintiva e fraterna de um pelo outro se reflete no dinamismo de seus sets de DJs, onde sua seleção refinada e mixagem complexa, formam uma jornada sonora como nenhuma outra.

O remix de Mind Against segue o recente lançamento do videoclipe oficial de The Prey, dirigido pelo diretor irlandês Paraic McGloughlin. Lançado na segunda-feira, 8 de março, o impressionante videoclipe oferece uma representação visual acelerada do timbre melancólico encontrado nas raízes de “The Prey“, usando fotografias impressionantes para sugerir temas de sedução, exploração e autorrealização.

Amanda Nakao

Adora entrevistar DJs e é viciada em batata frita - não pode ver batata em festival que já quer!