12 de dezembro de 2018
Foto: reprodução/Tomorrowland

Retorno de Hardwell, homenagens a Avicii e show de Dua Lipa… Além de apresentações memoráveis, o festival belga contou com homenagens a Avicii, morto em abril deste ano

O primeiro final de semana do Tomorrowland 2018 chegou ao fim, e enquanto o público aguarda ansiosamente pelo segundo final de semana deste espetáculo, resolvemos relembrar a você que perdeu (e a você que viu mas quer relembrar) um pouco do que rolou neste weekend 1 do evento.

Como fato marcante do primeiro dia tivemos a tradicional e lindíssima abertura do evento, que encanta quem vê por uma tela e mais ainda quem consegue ver frente a frente. Podemos mencionar também o retorno do holandês Hardwell, com um set pra lá de incrível. Além disso, fomos prestigiados com um set maravilhoso de Axwell /\ Ingrosso no Mainstage, rendendo uma belíssima homenagem a Avicii (umas das muitas que veríamos durante o festival).

No sábado podemos destacar a excêntrica apresentação de Salvatore Ganacci, mais homenagens a Avicii com direito a bandeirão da Suécia com a foto do ex-DJ/produtor suéco durante a apresentação incrível de Nicky Romero no Mainstage (veja o momento em que os fãs estendem o bandeirão no vídeo abaixo). Temos que mencionar também o set de Axwell no palco Axtone, seguido do duo Galantis. No Mainstage tivemos três sets que dispensam comentários: Armin van Buuren, Dimitri Vegas & Like Mike e Alesso encerrando a noite. Porém, a surpresa do dia foi a apresentação da cantora Dua Lipa (Isso mesmo) no palco STMPD RCRDS.

No terceiro e último dia do weekend 1 do festival, tivemos como fatos marcantes a aparição de Sebastian Ingrosso durante a apresentação de Steve Angello, algo inesperado apesar da volta do trio Swedish House Mafia. A dupla tocou juntos alguns dos grandes hits de Swedish House Mafia, levando o público que já prestigiava a apresentação sem comentários de Angello à loucura. O set também rendeu mais um tributo a Avicii, com Steve e Ingrosso tocando o hit “Levels”. Finalizando a noite tivemos um set de Martin Garrix, cheio de energia e hits e uma surpresa: Dyro. O holandês, que não está no line-up do festival e que andava meio sumido subiu ao palco com Martin Garrix para tocarem uma collab dos dois ainda não lançada oficialmente.

Ufa, muita coisa, porém conseguimos resumir um pouco de tudo. E não se esqueça que sexta-feira começa o weekend 2 do festival!

Sobre Isac Moura

Isac Moura
Cearense e amante da boa música, escritor, poeta, programador, empreendedor e DJ nas horas vagas. Não tem um estilo preferido, ouvindo desde o mainstream ao underground.