12 de dezembro de 2018

[REVIEW] O que rolou no Kaballah Festival? O festival aconteceu no dia 19 de maio no Hopi Hari em Vinhedo

No último sábado (19), o parque de diversão Hopi Hari em Vinhedo, recebeu mais uma vez o Kaballah Festival que comemorou seus 15 anos.
Com uma localização um tanto e quanto diferenciada, o festival recebeu mais de 50 atrações em 5 palcos e mais de 16 horas de festa!

MAS O QUE ROLOU NO KABALLAH FESTIVAL?
Apesar do tempo feio que estava em São Paulo, isso pareceu não afetar muito Vinhedo. Para quem foi mais cedo ao festival, pegou uma baita chuva durante o percurso, mas pelo Hopi Hari ser localizado em uma área estratégica geograficamente, a chuva não chegou com a mesma veracidade como na capital. 18h da tarde, por volta do show do Vintage Culture, o céu já se encontrava limpo, porém bem frio.
O frio esteve presente de começo ao fim. Você via pessoas com mantas, abraçadas, mas isso não foi um fator que fez com que o pessoal desanimasse. Pelo contrário, elas queriam dançar para se esquentarem.

PALCO SÓ TRACK BOA
O palco do Só Track Boa, era sem dúvidas, o mais bonito e caprichado de todos os outros. Com um conceito visual totalmente diferenciado feito pelo TwoFiftyk, o palco conseguiu unir elementos que tornassem a experiência de todos ali inesquecível.
Um ponto negativo desse stage, foi que havia muita quantidade de lama em alguns locais. Mas isso não afetou a diversão de ninguém. O palco conseguiu manter um público muito fiel ali e você não via de forma alguma aquele lugar vazio.
Apresentações chave da noite do Só Track Boa: Vintage Culture, Cat Dealers, Gabriel Boni.

KABALLAH FESTIVAL 2018

PALCO MICHAEL DEEP
O palco Michael Deep, apesar de bem afastado dos demais – você precisava fazer um baita percurso para chegar lá – mas não foi muito prejudicado devido ao seu line up ser bem balanceado.
Apesar de não ter nada chamativo no seu visual, o que pareceu importar mesmo ali foi a música. Apenas a música.
Apresentações chave do Michael Deep: KVSH, Dubdogz, Liu, JØRD.

KVSH | Kaballah Festival

PALCO PSYCHO ROOTS
Assim como o palco Só Track Boa, o Psycho Roots teve um público muito fiel de começo ao fim. Você via o local cheio o tempo todo e todos dançando sem parar.
Apesar do palco ser super próximo do palco da Elrow, não teve problema algum com o fluxo de pessoas. Pelo contrário, você via cada vez mais as pessoas indo para o Psycho Roots.
Apresentações chave do Psycho Roots: Vegas, Berg, Major7, Mandragora, Bliss.

PALCO ELROW
Se você queria uma experiência diferenciada e divertida, era só você ir ao Elrow. Totalmente decorado, com bastante efeitos e surpresas durantes os sets, o pessoal que foi no Elrow Festival em Dezembro do ano passado, pode matar a saudade de toda essa vibe “louca” no Kaballah. Além do som estar impecável e os artistas de grande peso estarem presentes ali, o palco Elrow com certeza foi um dos pontos altos do festival, deixando as pessoas querendo mais (vem Laroc!).
Apresentações chave do Elrow: Oliver Huntemann, Sven Vath, L_CIO, Sonny Fodera.

KABALLAH FESTIVAL 2018

PALCO MASQUERADE
Assim que você entrasse no Hopi Hari, já dava de cara com o palco Masquerade. Sua localização foi ideal e combinou completamente com a vibe dos shows.
Com uma vista da roda gigante atrás, o Masquerade deu um ar mágico e diferenciado. A música foi apenas a trilha sonora de toda aquela experiência.
Apresentações chave do Masquerade: DJ Glen, Claptone, Bruno Furlan, Walker & Royce, Mat.Joe, Maximono.

KABALLAH FESTIVAL 2018

RESUMO GERAL
Os valores das bebidas e alimentação estavam bem salgados, mas não sabemos muito bem como funciona isso, já que normalmente no parque de diversão eles já serem bem caros. Uma coisa que os festivais e festas precisam começar adaptar é baratear o valor da água. Até para ser uma forma de redução de danos, já que em festivais ocorrem muito consumo de álcool e outros tipos de drogas. Houve relatos de furtos durante o festival, assim como brigas – que nós mesmo presenciamos. Mas isso não chegou afetar muito a experiência de muitos ali. Mesmo com o frio, que foi um fator que muitos reclamaram, mas que não foi algo que de fato interferiu com que as pessoas parassem de dançar.

É importante ressaltar que em eventos sempre há erros e nunca é 100% perfeito. Mas que o Kaballah cumpriu com o papel de entretenimento e diversão para todos com um line up e uma festa linda. E a continuação disso, é no dia 6 de Setembro no Só Track Boa Festival, no Canindé. Nos vemos lá?

OBSERVAÇÃO:
Que tal conferir o festival com uma nova perspectiva, em um vídeo do Festival Time em parceria com a Wonderland in Rave? Confira o vídeo a seguir:

Sobre Amanda Nakao

Amanda Nakao
Viciada em criar pautas para DJs e ir a shows de música eletrônica.