18 de setembro de 2019

Sorrisos, energia positiva e muita música boa, assim foi a Trance Life

Neste último dia 2 de julho, aconteceu em Itapira (SP), o Trance Life, um evento voltado para a cultura trance e toda sua energia. Começando no sábado e se estendendo por 30hrs até domingo a noite, estivemos presentes nessa celebração e tivemos prazer de participar de um dos melhores eventos de trance do ano. Confira um pouco do que foi nossa cobertura no Trance Life:

Chegamos por volta das 17:00, o por do sol nos contemplou logo na chegada, o local era maravilhoso, depois que montamos a barraca, fomos logo conhecer o templo de dança, mais conhecido como pista. E assim nos apaixonamos logo de cara, ainda havia poucas pessoas, porém a energia estava magnifica com pessoas sorrindo e a pista limpa, uma festa para amigos, amigos perante o Trance. A madruga foi maravilhosa, o amanhecer no lado do camping era simplesmente lindo, abrir a barraca e ver aquele nascer do sol e muita gente sentada apreciando o momento mágico.

ESTRUTURA

Um dos destaques do evento, foi a estrutura de qualidade montada para um pequeno festival, com um ambiente bastante acolhedor para um público mais selecionado. Durante a noite as projeções e o show de iluminação impressionaram os amantes de sons noturnos. Quando o sol apareceu, a estrutura se mostrou imponente da mesma forma, com cores vibrantes pela tenda e pelo palco que trouxeram bastante vida para a festa.

trance life (125)
by: Helen Guedes

DECORAÇÃO

A grande arvore da vida, mostrou toda sua beleza no main stage do Trance Life, com uma decoração impecável, a festa contou uma tenda magnifica e diversos enfeites psicodélicos ao redor de toda a área do evento.

By: Helen Guedes
By: Helen Guedes

LINE UP

O Line foi montado perfeitamente pelos organizadores que dividiram muito bem as vertentes, pela tarde o conhecido Progressive Trance, conforme a noite caiu, as vertentes mais noturna entraram em ação, primeiro com o Prog Dark, depois, Night, Forest, Dark e Hi Tech, com os Full On pela manhã/tarde e encerrando a festa de volta com o Progressive Trance. Diversas performances chamaram nossa atenção, mas dentre elas vamos destacar algumas:

by: Helen Guedes
by: Helen Guedes

Akroma

Com um DJ Set já conhecido pelos brasileiros o paulista Higor Akroma, impressionou mais uma vez com um set bem marcante, selecionando cuidadosamente cada track para surtir o devido impacto na pista.

Hellder

Assim com o cair da noite, as apresentações noturnas vieram e com elas um dos destaques foi o Dark Progressive de Hellder, com tracks bastante obscuras cheias de elementos e bem hipnotizantes, conseguiu criar uma atmosfera perfeita para os sons mais noturnos.

Whiptongue

Aumentando os BPMs, o mineiro de Uberlandia, Whiptongue, que acelerou para o Full On Night de qualidade com seu som repleto de elementos e sons tecnológicos, sua apresentação deu inicio aos sons mais acelerados do trance, o que levou a pista a explodir durante o seu set.

Arkhos

Com um Dark Psy bastante experimental, com bastante instrumentos, percussão, ambiências e muita incluência da cultura indigena e indiana, o brasileiro fez a pista transcender durante o seu set com BPMs elavadíssmos na casa dos 200 – 220.

Marambá

Um dos artistas mais reconhecidos da cena de dark trance, o paulistano Marambá, que recentemente chamou atenção de ninguém menos que Yahel, se apresentou 1h da manhã e mostrou o que porque tem se destacado a impressionado a todos por onde passa. Com seu som variando entre o Dark e Hi Tech, com BPM extremamente altos, muitos sons orgânicos e atmosferas gravadas ao vivo nos biomas brasileiros, destaque para diversas faixas do novo álbum “Alvorada” que será lançado na gravadora Ovni Records.

Mad Maxx

Talvez a grande atração da festa, o americano Mad Maxx, se apresentou ao meio dia e com seu Full On Groove fez o dancefloor tremer. Um dos mais aguardados pelos amantes do psytrance, não deixou a pista descansar com suas parcerias com Avalon e Space Tribe, além de mandar diversas novidades que culminaram com o trator que veio irrigar água em quem estava no dance floor!

Vegas

A grande atração do progressive trance da festa, Paulo Villela, mais conhecido como Vegas, surpreendeu mais uma vez. Com seu estilo moderno e cheio de elementos tribais e instrumentos brasileiros, o catarinense contagiou o público com seus hits clássicos como Answer From Stars e Pratigi.

trance life (146)

Groundbass

Uma das revelações do progressive, Groundbass assumiu a pista logo depois da excelente apresentação de Vegas e não deixou a pista parar. Com a faixa Judment Day, fez a pista tirar energias extras pra continuar dançando intensamente até o ápice com o trance mais marcante do ano “The Tribe” remix de Vini Vici levantando a pista pra fechar com chave de ouro essa edição da Trancece Life!

CONCLUSÃO

Uma festa muito bem organizada, com preços justos, energia incrível do começo ao fim, uma festa de amigos, em qualquer lugar em que você olhasse, você sentia energia positiva e gratidão por estar ali presente, são momentos únicos que vão ficar na memória de cada um que estava la. Que venham as próximas edições!

Cobertura: Thais Scodelário
Fotos: Helen Guedes

 

Sobre Redação WiR