26 de Abril de 2018

8 DJs brasileiros para ficar de olho em 2018 Alguns conhecidos, outros nem tanto, que você com certeza vai ouvir falar bastante em 2018

A cena eletrônica brasileira é repleta de grandes talentos, e, ainda que alguns não recebam o devido reconhecimento, isso não implica em uma falta de qualidade em seus sons, muito pelo contrário, o Brasil está repleto de ótimos DJs/produtores que frequentemente lançam obras-primas no mercado. Pensando nisso, formulamos uma pequena lista com 8 DJs/produtores brasileiros em ascensão e que com certeza você ouvirá falar sobre em 2018. Confere aí:

Clubbers

A dupla formada por Luiz Lopes e John Patrício ganhou destaque por lançarem a maravilhosa track “Memories”, ao lado de ninguém menos que Vintage Culture pela Spinnin’ Records no ano passado. Unindo influências que vão do deep house ao progressive house, o duo é originário de Belo Horizonte (MG) e já tocam nos principais clubs e eventos de música eletrônica da cidade. Você com certeza ouvirá falar bastante deles neste e nos próximos anos.

LIVA

Conheça Liva, autor do espetacular remix da faixa "Deixe-me Ir" da banda 1Kilo

Gabriel Lima é o nome por trás do projeto LIVA, que vem trazendo muito bass para as casas cearenses e representando a cena Brasil afora. Com apenas 21 anos e há 6 anos produzindo, LIVA (projeto que existe há 1 ano e 6 meses) alcançou reconhecimento nacional após remixar a faixa “Deixe-me Ir, da banda 1Kilo. Recebendo suporte de Vintage Culture, Alok, Felguk e vários outros DJs, o remix bombou nas pistas de todo o país, alcançando inclusive a marca de 6 milhões de visualizações no YouTube. LIVA é com certeza um dos nomes a estampar lineups e lançamentos pelo país.

JØRD

O paraense Jordan Malato é o nome por trás do projeto JØRD, que, apesar de ser um pouco recente, já possui vários sucessosJØRD já recebeu suporte de Vintage Culture e possui colaborações com Cat Dealers, em “Like It”, e Beowülf, em “Hanging Tree”, além de seus sucessos “Go Slow” e o remake “World is Mine” (em parceria com Kubi) do clássico de David Guetta. Ouviremos bastante sobre JØRD este ano.

Santti

Lucas Lorenzetti aka Santti é tido como uma das grandes promessas para 2018. Produzindo músicas em parceria com grandes nomes, como Vintage Culture no remix oficial de “Céu Azul” do Charlie Brown JR, seu vocal para o hit “Wild Kidz” de Vintage Culture e Ricci e a produção da track “Sober” com o duo Cat Dealers comprovam o grande potencial de Lucas. Com apenas 25 anos e uma carreira no auge, temos certeza que este ano será um ano ainda melhor para Santti.

Joe Kinni

Outro grande nome já bem conhecido dos amantes da música eletrônica e que promete bastante para 2018 é Joe Kinni. O carioca que no ano passado lançou um excelente remix ao lado de Chagas para a música Deixe-me Ir, da banda 1Kilo; a faixa “Carioca”, em parceria com Jakko e com o vocal de Bianca Chami, além de outros sucessos, tem apostado numa mistura de eletrônica com música brasileira e isto vem dando muito certo. Joe Kinni, que já contagiou o Rio de Janeiro com certeza contagiará o Brasil em 2018.

Selva

O duo brasileiro Selva teve um 2017 incrível. Após lançarem o hit “Make me Wanna” em parceria com Zerky e colaborarem com a faixa Why Don’t U Love“, em parceria com Vintage Culture e Lazy Bear, ambas pela Spinnin’ Records, a dupla agora aposta no recente lançamento “O amor existe (meu amor)” em parceria com a banda MAR ABERTO e com certeza estamparão muitos line ups pelo país.

Evokings

Thiago Cymbal e Wagner Farias são os nomes por trás do duo de deep house Evokings, que ganhou reconhecimento ao produzir o hit “Gravity” em parceira com a renomada dupla Cat Dealers e vocais de Magga. Partindo de influências que variam do Rock ao Eletrônico, a dupla possui uma sonoridade que mistura elementos orgânicos e sintéticos com vocais melódicos e guitarras marcantes.

Com o suporte de grandes nomes da cena eletrônica como Alok, Vintage Culture, Tiesto, Kaskade, Deniz Koyu e Nora en Pure nós podemos, sem sombra de dúvidas, considerar Evokings como uma das grandes promessas da música eletrônica no Brasil.

Kubi

Se for pra falar de DJs/produtores para ficar de olho, Kubi é com certeza um deles. Com apenas 19 anos, Hugo Klima aka Kubi já faz parte do time da gigante Plus Network e já realizou o sonho de muitos de tocar numa edição do festival XXXPERIENCE. Tendo um portfólio já com alguns hits consagrados, como a música “Open Up Your Mind” em parceria com Beowülf e “Did I“, em parceria com o duo Michael Kane, Kubi é mais um dos grandes talentos em ascensão que têm tudo para bombar em 2018.

Comentários

Sobre Isac Moura

Isac Moura
Cearense e amante da boa música, escritor, poeta, programador, empreendedor e DJ nas horas vagas. Não tem um estilo preferido, ouvindo desde o mainstream ao underground.