ALOK promove campeonato de Free Fire com foco na inclusão

O DJ Alok segue investindo no cenário dos games, após um ano do lançamento do Alok GameChanger, o produtor divulga a evolução inclusivo campeonato de FreeFire, que nasceu com o objetivo de mudar a realidade das pessoas da comunidade.

“O Free Fire me permitiu a aproximação com uma realidade dentro dos games que eu não conhecia, que é essa dificuldade em dar acesso a todos nesse universo. Ao criar o campeonato, meu objetivo sempre foi a inclusão e a visibilidade a todos. Desta forma, eu entendo que chegou o momento de eu não ser mais o protagonista. Agora esse nosso ‘filho’ passa a ser GameChanger, o nosso campeonato, que visa ajudar o mercado a se profissionalizar e dar oportunidade para todos, do qual eu serei sempre padrinho”, explica Alok sobre a evolução do projeto.

Nesta nova edição, o valor das premiações do GameChanger é sete vezes maior do que a do ano passado, chegando a um total de R$350 mil. A presença de grandes marcas como o Itaú – patrocinador master – e Trident, também dá mais fôlego ao projeto que prevê ultrapassar a meta de audiência anterior (40 milhões de views), impactando profundamente as comunidades, jogadores e espectadores. A edição GameChanger 2021 continua 100% gratuita e as inscrições já estão abertas. Reservando-se até mil vagas para times compostos por mulheres e até mil vagas para times inscritos por indígenas.

Como vai funcionar

Diferente do ano passado, esta nova edição do GameChanger terá duas versões, uma para jogadores mobile e outra para jogadores emuladores.

Emuladores

Os jogadores de emuladores contarão com uma competição em destaque nesta nova edição do GameChanger. Para esta divisão, os principais times do cenário competitivo serão convidados e totalizarão 18 equipes. O campeonato terá início no dia 20/08 com a grande final marcada para 22/09. Serão transmissões completas com convidados especiais todas as quartas e sextas-feiras, às 19h. No último campeonato, Alok se apresentou ao vivo ao lado dos MCs Hariel, Don Juan, Davi, Ryan, Salvador da Rima e GBR com os hits “Ilusão (Cracolândia)” e “Liberdade (Quando o Grave Bate Forte)”.

Mobile

Já a participação na versão mobile do GameChanger continua 100% gratuita e aberta exclusivamente para a comunidade, com mais de 7 mil vagas disponíveis para times com participantes maiores de 14 anos, sendo até mil vagas para times compostos por mulheres e até mil vagas para times indígenas. Veja todas as informações e inscreva-se aqui, até 11/08.

As equipes irão concorrer em 5 etapas na fase classificatória e, destas, 24 que passarem, seguirão para uma disputa divididas em grupos. O campeonato terá duração de 2 meses, com os melhores momentos transmitidos juntos de influenciadores e personalidades do cenário. O início do campeonato mobile está marcado para o dia 16/08 e a final está agendada para 18/09. As disputas serão transmitidas quartas e sextas-feiras, às 19h, nos canais Booyah e GameChanger.

Vitor Gianluca tem 23 anos e é formado em Comunicação Social - Jornalismo, pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Iniciou sua carreira na área da comunicação como repórter-estagiário do Grupo Mogi News, produzindo para conteúdos para diversas editorias, dentre elas, Esportes, Polícia, Cidades e Cultura. Atualmente, está estudando; produzindo podcasts sobre futebol e produzindo textos para a revista digital Wonderland In Rave.