24 de maio de 2019

Falamos com Matisse & Sadko durante o Amsterdam Dance Event

Matisse & Sadko é a dupla mais conhecida da música eletrônica na Rússia, composta pelos dois irmãos Aleksandr e Yury. Ao longo de toda a sua carreira, eles moldaram massivamente o gênero da dance music e criaram várias músicas que deixaram um enorme e notável impacto sobre os amantes da dance music em todo o mundo.

Eles possuem collabs com Steve Angello (“SLVR“), Arty (“Trio“, “Riot“) e Martin Garrix (“Break Through The Silence“, “Dragon“, “Together“), lançaram inúmeros singles gráficos. e trabalhou em remixes para artistas líderes do setor.

A dupla também se apresenta regularmente em todos os principais festivais do mundo, como o Tomorrowland e o Ultra, e locais como o Omnia Las Vegas, o Ushuaia Ibiza, e o Octagon Seoul.

Durante nossa passagem pelo Amsterdam Dance Event, fomos convidados para a festa da label de Martin GarrixSTMPD RCRDS, onde tivemos a oportunidade de conversar com a dupla russa.

Obrigado por falar conosco, pessoal. Vocês poderiam falar um pouco sobre vocês, quando e como o Matisse & Sadko começou?

Primeiro nos somos irmãos de verdade, de uma cidade pequena perto de São Petersburgo. Desde a infancia nós estamos envolvidos na música, eu tocava violão e meu irmão era mais do rap. Antes do nosso projeto nós trabalhávamos separado um do outro, mas depois decidimos juntarmos nossas forças e fundar o Matisse & Sadko em 2010. Nossa primeira grande track foi lançada em 2012.

Vocês dois são muito próximos de Martin Garrix e, claro, da STMPD RCRDS. Existe algo de especial nessa gravadora?

Claro, para nós não é só mais um gravadora, é mais um família. Somos não só próximos do Martin, mas de todos da gravadora. É um grande prazer trabalhar com eles.

O que vocês esperam do show essa noite?

Esperamos um grande feedback do público, mas na verdade não nos preocupamos muito, pois na ADE é sempre incrível.

Como vocês descrevem sua própria música?

Depende, mas a maioria das vezes é melódica, o tipo de música que fazem as pessoas felizes.

Depois de 10 anos, eu tenho certeza que vocês já tiveram diversas experiências sendo DJs, produtores e viajando o mundo. Qual a pior e melhor coisa que já aconteceu na carreira de vocês?

Eu acho que a melhor coisa é a oportunidade de viajar e conhecer o mundo ao lado de grandes pessoas. A pior são os voos longos, o fuso horário e ressaca (risos).

Vocês acham que essa mistura de sentimentos, junto com a pressão de ser um artista famoso, são coisas que todo DJ deveria se preocupar? Hardwell é um exemplo recente disso…

Nós não podemos entender isso, pois é algo que faz parte da sua vida, da sua rotina, é muito difícil até você conviver com isso. Todos devemos ter uma vida balanceada…

O que vocês acham do Brasil?

Somos grandes fãs do seu país. Nós conhecemos alguns lugares, como Camboriú, Fortaleza e Curitiba, além de salada, batata, caipirinha… caipirinha de Copacabana é sensacional (risos)

Créditos:
Pauta: Yohan Augusto.
Repórter: Gabriel Honorio.

Sobre Yohan Augusto

Yohan Augusto
☁️ Behind everyone's favorite song, there is an untold story.